Autores: Soriano Roberto e Americano Maia

Alvi Rubro pendão da victória
Que nos campos da lucta se agita
Ao bafejo bemdicto da glória,
Que a luctar e a vencer nos incita
Alvi Rubro pendão desfraldado
Sobre a moça energia do forte
Tem em cada um de nós um soldado
Se preciso a marchar para a morte
O America sempre na frente
A victória é há muito seu hall…
Vigoroso tenez e valente
“Passe” “dimbla” “schot” “goall goall”
Alvi Rubro pendão posto ao vento
Farfalhado soberbo as tuas côres
Nos sentimos brotar nosso alento
Novas forças e novos vigores
Nos sentimos ao ver te, estandarte
Transformarem-se espinhos em flores
Symbolisas, o augusto baluarte
Do campeão, campeão dos Vencedores.
Autor: Lamartine Babo

Hei de torcer, torcer, torcer…
Hei de torcer até morrer, morrer, morrer…
Pois a torcida americana é toda assim
A começar por mim
A cor do pavilhão é a cor do nosso coração
Em nossos dias de emoção
Toda torcida cantará esta canção
Tra-la-la-la-la-la
Tra-la-la-la-la-la
Tra-la-la-la-la
Campeões de 13, 16 e 22
Tra-la-la
Temos muitas glórias
E surgirão outras depois
Tra-la-la
Campeões com a pelota nos pés
Fabricamos aos montes, aos dez
Nós ainda queremos muito mais
America unido vencerás