Argentino em ação pelo Mecão no 280º America x Bangu. Foto: Raffa Tamburini/America Rio

21/02/2016
Matías Sosa exalta gol e vitória no Clássico Bisavô: ´Sensação linda`

Muitas vezes para um estrangeiro a adaptação ao futebol carioca é difícil. Idioma, cultura e estilo de jogo podem fazer um atleta de fora do Brasil não ter um bom rendimento nos gramados nacionais. Matías Sosa, no entanto, vive o outro lado desta realidade. Contratado pelo America para disputa do Estadual de 2016, o meia argentino vai se adaptando muito bem ao Futebol Carioca. Numa crescente de atuações pelo Mecão - na opinião de torcedores e de jornalistas especializados no futebol do estado -, o meio-campista colaborou com um lindo gol de falta para o triunfo do America sobre o Bangu na quinta (18). Tento este que foi bastante festejado pelo meia, pela vitória e por ter sido o seu primeiro com a camisa rubra.

- Foi uma sensação linda. Pois eu vim de tão longe, sozinho e distante da minha família. Tenho um filho de cinco anos, que sempre me pede um gol. Durante a semana comentei com eles que teríamos um clássico e fiquei dizendo para mim mesmo: tenho que fazer um gol, tenho que fazer um gol. Quando arrumei a bola olhei que estava distante e pensei em cruzar na área. No entanto, quando vi que o goleiro deixou só três na barreira eu me animei. Por sorte peguei bem na bola. Depois eu só pensava na minha família e na torcida, que ficou como louca, gritando muito por meu gol. Agradeço a eles por isso - relatou.

Apesar de um pouco tímido fora das quatro linhas, Nello Matías Sosa não poupou palavras sobre o clássico. Lembrando do ambiente vivido antes do início do 280º Clássico Bisavô e durante o confronto, o meio-campista comentou que sempre acreditou no triunfo. Matías Sosa disse que, mesmo com o placar adverso, o America se portou bem e esteve tranquilo, fazendo-o pensar que os gols eram questão de tempo, o que se provou no duelo. Por fim, o argentino do Mecão elogiou os rubros pelo confronto e celebrou a vitória por 3 a 2.

- Antes de tudo estou contente com o resultado, mas foi uma partida difícil, como esperávamos. A torcida estava muito entusiasmada com esse jogo e durante a semana já sabíamos sobre a rivalidade que teria America x Bangu. Foi um duelo duro e nenhuma das equipes queria perder. Creio que buscamos melhor a partida, os espaços, e sabíamos que, em algum momento, conseguiríamos marcar o gol, porque estávamos fazendo as coisas bem. Eu estava tranquilo, acreditando que em qualquer momento marcaríamos. Por isso estou muito contente. Fizemos uma boa partida. Quando tivemos que jogar fizemos bem, e o mais importante é que conseguimos os gols - concluiu.