Bacana aparece ladeado por Luís Henrique (e) e Felipe (d). Foto: Raffa Tamburini/America Rio

06/03/2016
Willian Bacana confia em uma boa atuação de Felipe diante do ataque do Flu

Se há alguém que pode falar dos arqueiros do America com propriedade, este homem se chama Willian Bacana. Imortalizado como goleiro ao conquistar a Copa Conmebol de 1993 com o Botafogo, único título internacional do clube até os dias atuais, o Preparador de Goleiros do Mecão trabalha intensamente em prol da constante evolução dos arqueiros rubros. Tendo em vista o importante confronto das 16h deste domingo (6/3), contra o Fluminense de Fred, um dos maiores goleadores do Brasil, Willian exaltou as qualidades de Felipe, seu pupilo, goleiro americano. O preparador crê que, apesar das qualidades do rival, num possível confronto direto, Felipe tem tudo para se sair bem e ajudar o America a obter a classificação no Los Larios, em Duque de Caxias.

- É o confronto natural. O Fred todos conhecem, todos sabem de sua qualidade e de sua competência. A gente precisa, de alguma forma, tentar anulá-lo. Pois ele é um jogador que tem um nível de acerto muito alto. Do outro lado vai estar o Felipe, que está trabalhando para ter um bom rendimento e está num momento muito bom. Espero que dê tudo certo e que a gente possa confirmar a nossa classificação com uma boa atuação do Felipe - relatou.

Não sofrer gols diante do terceiro melhor ataque do Campeonato Estadual é a metade do caminho para que o America, dono da quinta melhor defesa, possa se classificar. Mas enfrentar um setor ofensivo de bons números no certame não tira o sossego de Willian Bacana, que ressaltou que todos os goleiros profissionais do Rubro se preparam para este tipo de adversário. Willian Bacana ainda exaltou a qualidade de Luís Henrique e Igor, os outros dois arqueiros do Mecão, mantendo-se tranquilo caso haja a necessidade de serem utilizados no decorrer do clássico.

- Vejo com naturalidade esse confronto entre uma das melhores defesas do torneio, que é a nossa, e um dos melhores ataques do certame, que é o do Fluminense. Nosso trabalho é feito visando os adversários de melhor qualidade. O esquema tático do America também contribui muito para que a equipe sofra poucos gols. Estou confiante na atuação do Felipe e dos outros goleiros, caso seja necessário usarmos o Luís Henrique ou o Igor. Os três estão num momento muito bom - finalizou.