Estádio Giulite Coutinho recebeu bom público na

18/07/2016
Após primeiro jogo, parceiros elogiam Estádio do America

Atuando pela primeira vez no Estádio Giulite Coutinho após firmar parceria com o America, o Fluminense teve muitos motivos para celebrar. Diante de um excelente público - quase 10 mil presentes -, o Tricolor das Laranjeiras superou o Cruzeiro por 2 a 0, iniciando com o pé direito a sequência de jogos em Mesquita. Além de festejar o triunfo de domingo (17), os tricolores ainda elogiaram o "caldeirão" americano, tido como vital para o sucesso.

- Mudou muita coisa em relação ao último jogo que fizemos (no Giulite Coutinho), contra o Bangu (no Estadual desse ano). O campo nos ajudou muito. Diante de vários campos que a gente vem enfrentando, esse fez nos sentirmos mais em casa. Nos ajudou bastante - relatou o zagueiro Henrique, contente com o estado do gramado do Giulite Coutinho.

Além do experiente defensor tricolor, que falou com propriedade sobre o assunto - já que atuou por alguns dos melhores campos do mundo -, Levir Culpi também se agradou. O treinador do Fluminense complementou os elogios ao gramado do Estádio do America e ressaltou a importância da arena como lar de sua equipe no Brasileirão.

- Observei que o gramado evoluiu bem (desde a última vez em que estivemos no Giulite Coutinho). Está em boas condições. Houve uma melhoria significativa no Estádio, nos vestiários. No último treinamentos que tivemos (antes do jogo) nós gostamos. O que mais nos importam são o gramado e as acomodações do torcedor. Temos que transformar o Estádio num caldeirão. Com 10 mil tricolores o clima ficou bom - comentou.

No confronto, 9.681 torcedores estiveram presentes (8.381 pagantes). O público foi o maior do Giulite Coutinho em 2016 e gerou a maior receita da arena na temporada: R$263.285,00. Em parceria com o America Football Club, o Fluminense seguirá mandando jogos do Campeonato Brasileiro no estádio americano.