05/06/2017
Novo informe sobre a liberação do estádio Giulite Coutinho

​Conforme previsto, no início da tarde desta 2ª feira, foi realizada a reunião na Promotoria de Proteção ao Idoso e à Pessoa Portadora de Deficiência, do Núcleo do Ministério Público em Nova Iguaçu. O Presidente Léo Almada, acompanhado de seu Vice-Presidente Jurídico, Ricardo Florentino, e do Diretor Executivo de Futebol, Marco Antonio Teixeira, representaram o America. Também participaram da reunião membros da Diretoria do Fluminense, e de diversas Secretarias e da Procuradoria da Prefeitura Municipal de Mesquita. Na oportunidade, a Promotora reiterou sua decisão de condicionar a expedição do Alvará de Funcionamento do Estádio, da competência da Prefeitura, à aprovação pela mesma do Projeto de Acessibilidade do Estádio, objeto de Termo de Ajustamento de Conduta, originalmente assinado em 2012, assim como do Cronograma de Execução do mesmo.

É importante ressaltar que, desde 2014, o America tem realizado inúmeras intervenções de manutenção e de melhorias no Estádio Giulite Coutinho, e que recentemente o clube conseguiu renegociar o passivo com o tributo municipal, que se arrastava de longa data. Mas as exigências que teve que acordar com o Ministério Público demandarão um investimento vultoso, que somente poderá ser atendido no contexto da parceria com o Fluminense.

A próxima reunião com o Ministério Público ficou agendada pela Promotora para o dia 19 do corrente mês, o que implica que a partida a ser realizada no próximo dia 17, infelizmente, ainda não poderá ser realizada no Giulite Coutinho. O mesmo se aplica às partidas do Fluminense nesse período.

- Departamento de Comunicação - AFC