Allan comemora com os companheiros (Laís Patrício / America Rio)

16/08/2017
Mecão não dá chance ao Tigres e segue firme na Série B1

O espírito decisivo que veste o grupo americano nessa reta final da Taça Corcovado entrou em campo nesta quarta-feira chuvosa. Em grande atuação - num primeiro tempo impecável - o Mecão não tomou conhecimento do Tigres e bateu a equipe de Xerém por 4 a 1, mesmo atuando no Los Larios. Allan e Léo Rocha viveram grande tarde e marcaram duas vezes cada um, enquanto Raphael Carioca descontou para o Tigres após pênalti duvidoso.

O Mecão segue em quarto lugar no Grupo A da Taça Corcovado, com 15 pontos, dois a menos que o líder Itaboraí. Na classificação geral, o time segue na mesma posição, um ponto atrás do Goytacaz e três do Americano, permanecendo com chances reais de classificação nas duas frentes. No próximo sábado, o America continua a perseguição por seus objetivos: receberá o Duque de Caxias no Estádio Giulite Coutinho.

Cirúrgico
O America já iniciou o primeiro tempo jogando um bom futebol. Antes da parada técnica, já havia criado duas boas chances. Aos sete minutos, Allan recebeu passe de Juninho Bolt na área, girou e chutou para ótima defesa de Léo. Aos 12, Belarmino escorou de cabeça cruzamento de Marlon e quase marcou. O Tigres responde em cobrança de falta de Oliveira. Felipe espalmou por cima do travessão.

Na volta do tempo técnico, o Mecão deslanchou. Aos 22 minutos, Belarmino, mesmo com marcação dupla, conseguiu dar o passe de cabeça para Allan. Ele matou no peito, girou o corpo e, de canhota, colocou no fundo da rede.

A intensidade da equipe americana daria novo resultado cinco minutos depois. Allan recebeu um passe em profundidade de Léo Rocha, deixou o goleiro adversário para trás e, com o gol livre, fez 2 a 0.

Para ampliar a vantagem, aos 36 minutos, Léo Rocha se aproveitou de um lance de indecisão da defesa pelo lado esquerdo e deu um chute sutil que, de uma só vez, "matou" os dois zagueiros e o goleiro do Tigres.

Em uma partida no qual Allan e Léo Rocha mostraram grande afinidade, ainda havia tempo para o quarto gol aos 41 minutos. O atacante cruzou do lado esquerdo do ataque para o meia limpar um marcador e chutar no canto esquerdo.

Sem sustos
Para o segundo tempo, o Tigres voltou com maior ímpeto ofensivo, mas não foi o suficiente pra recuperar o prejuízo devido à segurança da atuação rubra. Aos 10 minutos, Felipe fez outra ótima intervenção: Dudu fez jogada individual pela esquerda e trouxe para o meio da área. O chute acertaria o ângulo se não fosse a intervenção do camisa 1.

Aos 37 minutos, o árbitro João Batista de Arruda assinalou pênalti em Claudio Pagodinho. O goleiro Felipe acertou o canto, mas Rafael Carioca conseguiu marcar o gol solitário do Tigres na partida.

Ainda deu tempo de ver o lateral Belarmino quase marcar um golaço. Ele puxou contra-ataque desde o campo defensivo até a grande área do Tigres, mas o quinto gol não saiu devido ao chute ter sido desviado por um defensor do time da casa.

Tigres do Brasil 1x4 America
16/08/2017 - Estádio de Los Larios, em Xerém (Duque de Caxias)
Campeonato Estadual - Série B1 2017 (Taça Corcovado - 8ª rodada)
Gols: Allan aos 22 e 27, Léo Rocha aos 36 e 40 minutos do primeiro tempo; Raphael Carioca (pênalti), ao 38 minutos do segundo tempo

Tigres do Brasil: Léo; Ronaldo, Oliveira, Admilton e Wallace; Matheus Avelar (Miguel, intervalo), Chamel (Lucas, 12 do 2º), Giovanni e Diego Sales (Cláudio Pagodinho, intervalo); Dudu e Raphael Carioca. TEC: Emanoel Sacramento.

America: Felipe; Belarmino, Pessanha, Raphael Azevedo e Marlon; Alan Nascimento, Tiago Corrêa, Léo Rocha (Ânderson Künzel, 44 do 2º) e Robinho (Lucas Gama, 40 do 2º); Juninho Bolt e Allan (Welber, 34 do 2º). TEC: Lucho Nizzo.

Árbitro: João Batista de Arruda, auxiliado por Diego Luiz Couto Barcelos e Wendel de Paiva Gouvêa
Cartões amarelos: Chamel, Giovanni e Oliveira (TIG); Marlon, Allan, Raphael Azevedo, Tiago Corrêa, Pessanha e Anderson Künzel (AME)

- Departamento de Comunicação - AFC









COMPARTILHE: