Pessanha é um dos pilares defensivos do time (Marcio Menezes/America Rio)

18/08/2017
Contra o Duque, Mecão busca outra vitória essencial

Está mantida a pegada de decisão: o America tem de seguir vencendo até o fim da Taça Corcovado e esse é o único resultado que interessa para o jogo deste sábado, contra o Duque de Caxias, às 15h, no Estádio Giulite Coutinho.

Um triunfo pode colocar o Mecão tanto no G-2 no returno como entre os dois melhores da classificação geral. Vale lembrar que os dois melhores no somatório dos dois turnos não precisam ganhar turnos para avançar às semifinais.

O Duque tem como ponto forte o ataque, o segundo mais positivo do campeonato até aqui. No entanto, terá de superar, além da boa fase dos homens de frente rubros, a solidez do sistema defensivo que confere ao America a segunda melhor defesa do campeonato.

Na Série B1, o Mecão sofreu apenas 12 gols em 17 partidas disputadas, com média de 0,71 gol sofrido por jogo. Se computado apenas o desempenho na Era Lucho Nizzo, os resultados são ainda melhores: seis gols sofridos em 12 jogos, média de 0,5 partida. Uma outra estatística legal envolve apenas a dupla de zaga formada por Pessanha e Raphael Azevedo. Eles jogaram juntos em nove oportunidades, com oito vitórias e apenas uma derrota.

O capitão Pessanha explica os fatores que geram os números tão positivos para o sistema defensivo:

- Os méritos são de todos. A turma da frente joga com pegada e facilita muito o trabalho para todos da defesa – explicou o dono da braçadeira no Mecão.

Por sua vez, o técnico Lucho Nizzo não mostra muita preocupação com as estatísticas.

- Estamos trabalhando como no início, cada jogo é um jogo. A preocupação com o adversário é sempre total. A nossa defesa tem se comportado bem, fruto do trabalho deles, que mostram tranquilidade e bom posicionamento. Claro que a gente trabalha, fazendo as correções, dando orientações, mas o mérito é deles. Não me prendo a números, artilharia. Eu quero é subir, o que importa pra nós é estarmos na Série A ano que vem.

O treinador ainda destacou o ponto mais importante da vitória sobre o Tigres, reforçando a manutenção dele pra esse jogo.

- A postura. Atitude, é o que eu vinha cobrando deles há tempos. Não adianta só falar e ter estratégia. Acabavam os jogos e eles se mostravam chateados, achando que podiam ter feito mais. Cada jogo agora é uma decisão e não podemos mais perder ou empatar sob pena de nos distanciarmos da briga e ficar na dependência do “se”. E o “se” é sempre um problema.

Último jogo
O último duelo contra o Duque de Caxias foi realizado em 13 de março de 2015, pela Série B do Campeonato Estadual: 0 x 0.

Transmissão
Devido ao sucesso das transmissões dos jogos do America pela série B1 do Estadual, por meio da America Web TV, em parceria com a Livesporte, a FERJ iniciou a transmissão dos jogos do campeonato e, neste sábado, a Federação fará a transmissão de America e Duque de Caxias - via FERJ TV.

Sub-20
Os meninos do Mecão entram em campo para enfrentar o Duque às 13h, nas Laranjeiras. Com 11 pontos em seis jogos disputados, a equipe treinada por Sérgio Freitas está na terceira colocação do Grupo A e pode voltar ao G-2 em caso de triunfo.

- Departamento de Comunicação - AFC



COMPARTILHE: