Paulinho tenta levar o time ao ataque (Laís Patrício /America Rio)

17/02/2018
America é batido em Campos e decisão fica para a rodada final

Em uma partida com dificuldades extraordinárias, como a expulsão de um atleta no início do primeiro tempo, o Mecão foi superado pelo Goytacaz por 3 a 1, na tarde deste sábado, no Estádio Ary de Oliveira e Souza, em Campos. Pessanha fez o gol rubro.

Com seis pontos, o America enfrenta na rodada final o Bonsucesso, sábado (24) que vem, em Moça Bonita. Os quatro times envolvidos ainda reunem chances de permanência na elite. O Mecão estará salvo em caso de triunfo.

O jogo
O America vinha bem e jogava com lucidez até a expulsão do goleiro Felipe. Ele saiu da área para conter uma finalização do time da casa e, após tocar a bola com a mão para evitar o gol, acabou expulso por Bruno Arleu de Araújo. O meia Nivaldo teve de ser sacrificado para a entrada do goleiro Luis Guilherme.

Naturalmente, o Goytacaz passou a ter mais posse de bola, mas viu um America bem postado, que evitou investidas perigosas do time adversário até os 31 minutos, quando
Jeffinho fez jogada individual e chutou da grande área para a defesa de Luis Guilherme. Um minuto depois, João Vítor avançou pela direita e cruzou. A bola passou pela área e, felizmente, ninguém escorou. O Mecão revidou em contra-ataque puxado por Assis, que serviu Giancarlo. A cabeçada, porém, foi nas mãos de Paulo Henrique.

A segura postura tática do Mecão foi injustamente punida aos 46 minutos com o gol de Luquinha para a equipe de Campos, bem perto do apito final da etapa. Ele só empurrou a bola para o gol após um cruzamento vindo da direita e desviado na grande área.

O Mecão provou sua obstinação aos cinco minutos do segundo tempo. Bola na área do Goyta, Fernando Chagas desviou e Pessanha acertou lindo voleio, empatando o jogo: 1 a
1 e festa no Aryzão dos rubros fieis que encararam a estrada.

Depois da expulsão do zagueiro Mário Pierri, aos 15 minutos, os dois times voltaram a ter um número igual de atletas, mas o Goytacaz chegou ao segundo gol aos 26. Canhoto cobrou escanteio e faria o gol olímpico, mas Luquinha desviou para a rede.

O America voltou a ter uma boa chance aos 34 minutos. Após bate-rebate na área, Fernando Chagas chutou da meia-lua e a bola raspou a trave de Paulo Henrique. Aos 38, Künzel serviu Giancarlo na grande área, mas o chute saiu torto.

Nos acréscimos, o America se jogou ao ataque e sofreu o terceiro gol em contra-ataque puxado e finalizado pelo volante Vico.

Goytacaz 3 x 1 America
17/02/2018 - Estádio Ary de Oliveira e Souza
Campeonato Estadual - Série A – Grupo X - 5ª Rodada
Gols: Luquinha aos 46 minutos do primeiro tempo; Pessanha aos sete, Luquinha aos 26 e Vico aos 47 minutos do segundo tempo

Goytacaz: Paulo Henrique, Tenente, Cleiton, Mario Pierri e Almir; Jeffinho, Gabriel Leite (Rodriguinho, 25 do 2º), João Vítor e Gabriel Galhardo (Edson, 17 do 2º); Canhoto e Luquinha (Vico, 39 do 2º. TEC: Paulo Henrique

America: Felipe, Belarmino, Pessanha (Thiago, 25 do 2º), Rafael Morisco e Paulinho; Tiago Corrêa, Anderson Künzel, Léo Franco (Fernando Chagas, intervalo), Nivaldo (Luis Guiherme, 8 do 1º) e Assis; Giancarlo. TEC: Duílio

Árbitro: Bruno Arleu de Araújo, auxiliado por Michael Correia e Carlos Henrique Alves de Lima Filho
Cartão amarelo: Jeffinho (GOY)
Cartão vermelho: Mário Pierri (GOY); Felipe (AFC)

- Departamento de Comunicação - AFC