Léo Martins teve boa atuação (Laís Patrício / America Rio)

04/03/2018
America luta muito, mas empate é insuficiente para a permanência

O America teve boa atuação mas apenas empatou com o Bonsucesso em 1 a 1, neste domingo, em Moça Bonita. O resultado devolve o clube à Série B1 do Campeonato Estadual, mesma situação do time rubro-anil.

O Bonsucesso abriu o placar aos cinco minutos com Miguel. Depois disso, o America foi se reequilibrando no jogo e criando chances, dominando o adversário

O gol era uma questão de justiça e saiu aos 34 minutos. Após lançamento para a grande área, Anderson Künzel dividiu com o zagueiro Leandrão e a bola morreu no canto direito do gol do Bonsucesso: 1 a 1.

A virada só não veio aos 36 minutos porque, após uma cabeçada certeira de Ciro Sena, Fabrício fez um verdadeiro milagre.

O America seguiu atuando bem no início do segundo tempo. Aos três minutos, Léo Martins foi ao fundo pela esquerda e Allan cabeceou com perigo. Aos nove, Giancarlo cabeceia, Fabrício salva e Bala finaliza o rebote com muito perigo. Dez minutos depois, Davi chutou da meia lua e o goleiro defendeu em dois tempos.

Luis Guilherme fez grande defesa em chute de Mauro aos 35 minutos, mas o Mecão seguia mais incisivo e rondava a área do rival. Infelizmente o gol que tanto necessitávamos não saiu, apesar de todo o empenho dos jogadores.

Bonsucesso 1 x 1 America
04/03/2018 - Moça Bonita
Campeonato Estadual - Série A - Grupo X - 6ª rodada
Gols: Miguel aos cinco e Leandrão (contra) aos 34 minutos do primeiro tempo

Bonsucesso: Fabrício, Thiaguinho, Leandrão, Lucas Tavares e Jeanderson; Filipe Silva (Bruno Luiz, 39 do 2º), Julinho e Miguel; Sabão (Mauro Silva, 29 do 2º), Deyverson (Matheus Pimenta, intervalo) e Jackson. TEC: Toninho Andrade

America: Luis Guilherme, Lucas Bala (Alfinete, 46 do 2º), Ciro Sena, Pessanha e Marlon (Paulinho, 40 do 2º); Tiago Corrêa, Anderson Künzel, Léo Franco e Léo Martins (Davi, 14 do 2º); Allan e Giancarlo. TEC: Duílio

Arbitragem: Rodrigo Nunes de Sá, auxiliado por Luiz Cláudio Regazone e Daniel do Espírito Santo Parro.
Cartões amarelos: Mauro (BON)

- Departamento de Comunicação - AFC


COMPARTILHE: