America segue com fatia dos direitos de Caju (Marcio Menezes / America Rio)

08/04/2018
Frutos da integração da base com o profissional são destacados

O projeto de integração entre as categorias sub-20 e profissional, tratado pela direção americana com importância ímpar, tem saldo mais do que positivo após o fim do Campeonato Estadual sub-20. Além da honrosa posição obtida pela equipe treinada por Ney Barreto, que deve ter o sexto lugar confirmado nos próximos dias, o clube segue oferecendo jogadores à equipe profissional e apresentando talentos ao mercado.

Recém-transferido para o Vasco, o atacante Caju coloca o America novamente como clube revelador de talentos. O atleta segue como um ativo do clube, já que significativa porcentagem de seus direitos econômicos seguem sendo rubros, e a não realização do negócio poderia implicar na perda do atleta ao fim da temporada 2018 sem nenhum benefício para o clube. Situação semelhante a do meia Renan Costa, que vai para o Avaí com as mesmas condições de Caju na equipe de São Januário. Ambos podem render renda considerável para os cofres do America em algum tempo.

- Não tenho dúvidas de que as condições do negócio são boas para o America, já que em 1º de junho o jogador estaria livre para assinar com outro clube e poderia ir embora sem gerar nenhum valor. Mantivemos uma fatia dos direitos econômicos acima do patamar utilizado no mercado atualmente e ainda estamos negociando um "plus" com o Vasco - explicou o presidente Sidney Santana.

Além disso, o elenco profissional receberá novos valores oriundos do time sub-20. Para a disputa da Série B1, os meio-campistas Franck e Knupp, com participação destacada na Série A sub-20, estarão integrados ao elenco treinado por Luizinho Lemos e que se apresenta nesta segunda-feira (9). Junto a esta dupla, haverá outros jogadores formados na base e que tiveram boas participações na Série A do Estadual deste ano, caso do meia e lateral Lucas Bala e do meia-atacante Léo Martins.

- Sem dúvida o sexto lugar na classificação geral mostra que foi acertada a escolha de integrar a sub-20 ao profissional - disse o diretor de futebol Marco Antônio Teixeira, que ainda destacou que outros jogadores da base podem vir a ser incorporados ao elenco principal.

- Departamento de Comunicação - AFC