Zagueiro tem ido bem nos jogos-treino (Marcio Menezes / America Rio)

16/05/2018
Firme, Bruno Santos ganha espaço entre os titulares do Mecão

O elenco do America para a disputa da Série B1 está repleto de novidades, o que também se repete na zaga. Dos cinco reforços para o setor, quatro estream no clube e três debutam no futebol do Rio. Entre eles, um nome que parece se firmar é de Bruno Santos. O defensor, que veio do E.C São Caetano, da Série A3 de São Paulo, tem mostrado segurança e vem ganhando espaço no time treinado por Luizinho Lemos.

Apesar do clube, do estado e dos campeonatos (Estadual B1 e Copa Rio) novos pela frente, Bruno se sente bem à vontade no Mecão.

- Estou me sentindo muito bem adaptado ao grupo, que tem uma mescla boa de experiência e juventude. A nossa intertemporada foi muito essencial pra entrosarmos o time e criarmos mais afinidade entre nós, jogadores, e a comissão técnica - destacou, antes de falar sobre a sua expectativa sobre o Estadual.

- Espero um campeonato muito difícil, como têm alertado os meus companheiros, mas com o elenco que temos eu creio que vamos conseguir conquistar os nossos objetivos.

Os atletas que chegam ao clube conhecem, rapidamente, a pressão da torcida. Exigente, ela não trabalha com outra hipótese que não seja o acesso desde antes do início do campeonato. Isso, porém, não incomoda o zagueiro.

- O America é um time gigante e infelizmente não está na Série A, mas vamos lutar com muita raça a cada jogo pra colocar o Mecão de volta ao lugar de onde ele não deveria ter saído. A cobrança existe em todos os times grandes como o America. Temos que saber lidar com ela e sempre verificar onde podemos estar errando para buscar constantemente os acertos

Trabalho coletivo
Nos jogos-treino, o sistema defensivo mostrou segurança, mas também foi pouco exigido. Para Bruno, um mérito a ser dividido com toda a equipe.

- Fomos pouco exigidos porque a nossa marcação começa nos nossos atacantes, que além de serem bons marcadores são também excelentes finalizadores. Isso facilita muito a vida dos zagueiros lá atrás.

Vale lembrar, porém, que, além de marcar os atacantes rivais, o defensor costuma arriscar ofensivamente, especialmente na hora em que há bolas alçadas na área adversária.

- Graças a Deus tive muito êxito, nos clubes onde passei, com gols em jogadas de bola parada. Aqui no Mecão não vai ser diferente! - profetizou.

O America enfrenta o Serra Macaense no próximo domingo, 20, no Moacyrzão, às 15h.

- Departamento de Comunicação - AFC



COMPARTILHE: