Meia já tem um gol na Série B1 2018 (Marcio Menezes / America Rio)

30/05/2018
Após bom início, meia Moisés curte a receptividade do torcedor

Dois jogos, um gol e bom futebol, de perfil solidário e dedicado ao time. Em 180 minutos, o meia Moisés já despertou a simpatia e o carinho do torcedor americano. O jogador, de 24 anos, que disputou o Campeonato Potiguar pelo Santa Cruz, vem conquistando seu espaço na equipe treinada por Luizinho Lemos, vice-líder do Grupo A da Série B1 do Estadual, com quatro pontos em duas partidas.

Um dos primeiros reforços para as disputas da temporada, o meia é só alegria por esse início de relação com o clube que o recebeu.

- Graças a Deus eu trabalho duro sempre pra não só ganhar o carinho do torcedor, mas também para poder ajudar nossa equipe. A torcida do America é maravilhosa e tem sido sensacional receber o apoio dele, me sinto lisonjeado por receber esse carinho, só tenho a agradecer - explicou o jogador.

A disposição de Moisés em campo é vista com facilidade, já que a movimentação do jogador faz com que ele participe ativamente do jogo, especialmente no plano ofensivo.

O perfil de comando do técnico foi exaltado pelo atleta.

- O professor Luizinho me dá essa liberdade, ele sempre conversa comigo e me apóia bastante. Além de técnico, é um parceiro com cada um dos jogadores, sempre tentando
nos ajudar. Ele me pede pra ser objetivo e chegar bem ao ataque, me sinto a vontade em jogar com um cara que é ídolo do America - complementou.

Embora não seja atacante, Moisés também gosta de balançar a rede. Contra o Barcelona, numa verdadeira inversão de papéis, ele recebeu bola em profundidade do atacante Raphael Carioca e tocou na saída do goleiro, marcando o terceiro dos cinco gols rubros no duelo. E ele não quer parar por aqui.

- Foi uma sensação única. É muito bom marcar gols, ainda mais em uma equipe grande como o America. Espero que isso se repita várias vezes.

O Mecão tem um difícil desafio neste sábado, contra o Artsul, fora de casa. O triunfo da última rodada foi comemorado, mas o foco já está voltado para os obstáculos que aparecerão no caminho.

- Ficamos felizes pela vitória, mas estamos com o pé no chão. Esperamos manter o bom futebol que apresentatmos, porém sabemos que é uma competição difícil. Estamos nos preparando mais e mais. A equipe está fechada e todos estão muito focados no nosso objetivo - ressaltou.

A partida com o Artsul acontece às 15h, no Estádio Nivaldo Pereira, em Austin (Nova Iguaçu).

- Departamento de Comunicação - AFC