Daniel já fez um gol neste Estadual (Marcio Menezes / America Rio)

08/06/2018
Depois de dificuldades, atacante Daniel vive bom momento

Não chega a ser novidade que o mundo do futebol dá voltas, mas a vida do atacante Daniel, prata-da-casa rubra, já teve muitos capítulos no Mecão. O jogador, que ascendeu aos profissionais pela primeira vez aos 17 anos, na Copa Rio de 2014, passou por maus bocados recentemente, mas está dando a volta por cima: em boa forma, vem mostrando bom futebol e tem recebido oportunidades do técnico Luizinho Lemos.

Ano passado, quando começou a ganhar espaço durante a disputa da Série B1, Daniel sofreu uma séria lesão no joelho esquerdo em jogo contra o São Cristóvão, na Taça Corcovado. O episódio rendeu uma cirurgia, uma longa recuperação e a ausência na disputa da Série A em 2018. No entanto, o atacante tem se dedicado muito e, aos poucos, vem mostrando o potencial que dele se espera no início da Segundona.

As dificuldades recentes geraram muitas lições para o jogador, que ganhou mais maturidade e foco no tempo que ficou fora dos gramados.

- Foi um período difícil, onde busquei forças em Deus e na minha família, mas agora estou perto de chegar a minha melhor forma. Aprendi muito nesses momentos que estive fora - confessou.

Na Série B1, Daniel já teve duas oportunidades. Fez um gol contra o Barcelona, atuou com destaque no empate com o Artsul e mostrou suas credenciais na disputa pela posição, que é bem árdua. Para se ter uma ideia, os quatro atacantes que jentraram em campo no campeonato até aqui (ele, Raphael Carioca, Rodrigo Dias e Renato) já balançaram a rede no campeonato.

Tal como o bom futebol, também é visível a melhor forma física. Notoriamente mais leve, o atacante ganhou mais mobilidade e presença na área.

- .Fiz dieta e procurei focar nos trabalhos físicos. Estou me sentindo muito bem - destacou Daniel, que ainda espera que ele e a equipe rendam ainda mais daqui em diante na competição .

- O time tem muito a crescer. Estamos no começo do campeonato. No decorrer dos jogos, vamos nos entrosar ainda mais.

Ter como técnico o maior artilheiro da história também tem sido importante para o atacante.

- O Luizinho e um excelente treinador, conversa muito com os jogadores e tá passando toda a experiência pra gente.

Velhos conhecidos
Neste sábado, contra o Angra dos Reis, o America pode reencontrar alguns atletas que já vestiram a camisa rubra, como o volante Alan Nascimento, o meia Joílson e os atacantes Jones e Allan. O primeiro e o último, inclusive, foram companheiros de Daniel em outras temporadas. O atacante destacou o valor da partida para a disputa de uma vaga na semifinal da Taça Santos Dumont.

- O Angra é um time bom, tem jogadores experientes. Vai ser um jogo de seis pontos.

O America recebe o Angra dos Reis, neste sábado, às 15h, no Estádio Giulite Coutinho.

- Departamento de Comunicação - AFC