Tiago Corrêa jogou a partida do ano passado (Marcio Menezes / America Rio)

13/07/2018
Triunfo especial contra o Friburguense em 2017 rendeu ensinamentos

O America recebe o Friburguense neste sábado, no Giulite Coutinho, reeditando um confronto que foi mais do que especial no ano passado. Na Taça Corcovado de 2017, os times também se encontraram, mas a partida foi disputada em Nova Friburgo, no tradicional Estádio Eduardo Guinle. Em virada eletrizante, o Mecão se recuperou quando perdia por 2 a 0, marcou com Robinho, Welber e Allan, e venceu por 3 a 2.

Do atual elenco, três jogadores participaram daquela partida. O meia Nivaldo começou jogando. Daniel, atual 9 do Mecão, entrou durante a partida. O polivalente Tiago Corrêa, por sua vez, atuou na lateral esquerda, e lembra bem daquele jogo, que deixou ensinamentos.

- Foi um jogo especial! Depois de ficar atrás do placar, viramos o jogo, e com a participação de jogadores que vieram do banco, o que mostrou a força do nosso grupo.

O aprendizado que ficou é que nós não conhecemos os nossos limites, temos que buscar sempre algo lá de dentro pra conseguir a vitória até o apito final.

Para o jogo deste fim de semana, a expectativa é positiva. Para Tiago, equilíbrio é a palavra-chave para que o time alcance um bom resultado contra um rival que ainda tem muitas peças que participaram do confronto do ano passado.

- Jogar contra a equipe do Friburguense é sempre difícil. Espero um jogo com as duas equipes buscando sempre o gol, Quem tiver melhor equilíbrio entre defender e atacar vai levar vantagem.

- Departamento de Comunicação - AFC