Chrispim e Raphael marcaram no jogo (Juliana Oliveira / America Rio)

14/07/2018
Virada espetacular dá triunfo ao Mecão sobre o Friburguense

O America vinha apresentando uma tarde distante do seu melhor futebol, mas a raça e a doação dos comandados de Luizinho Lemos provaram, mais uma vez, que não há batalha perdida para o Mecão. A virada que parecia improvável aconteceu e arrancamos um belíssimo triunfo por 3 a 2, gols de William Chrispim, Raphael Carioca e Daniel, iniciando com o pé direito a disputa da Taça Corcovado.

Além dos três primeiros pontos e a liderança do Grupo A, o Mecão pode exaltar o fato de ter ido aos 23 pontos no somatório dos turnos, no segundo lugar geral isolado. Mais do que o America, só o Americano, que já está na semifinal por ter vencido a Taça Santos Dumont.

Curiosamente, em 2017 o Mecão venceu o rival deste sábado nas mesmas condições, recuperando um placar adverso de 2 a 0.

O próximo jogo do America será na quarta-feira (18), às 15h, contra o São Gonçalo EC, no Alzirão.

O jogo
O America, de fato, não fez um bom primeiro tempo. A melhor chance do time de Luizinho Lemos veio com Nivaldo, em chute que raspou a esquerda de Luiz Felipe aos 21 minutos.

Aos 30 minutos, aproveitando-se dessa apatia, os visitantes saíram na frente em belo chute de fora da área desferido por Lucas Sales, que deu números finais a etapa inicial.

Para o segundo tempo, Luizinho optou por William Chrispim no lugar de Moisés, mas o Friburguense ampliou em chute de fora da área aos dois minutos. Lohan arriscou, Rafael ainda tentou espalmar, mas a bola entrou.

O panorama da partida não parecia mudar até o Mecão descontar aos 24 minutos, quando Anderson Künzel driblou um rival com estilo e cruzou da direita. Daniel desviou a bola, que sobrou para William Chrispim dentro da pequena área. Ele fuzilou e descontou. Dois minutos depois, o empate quase veio com o mesmo Chrispim, mas Luiz Felipe defendeu.

A pressão continuou e o empate veio aos 34 minutos, quando Raphael Carioca acertou cabeçada no ângulo direito, bem no contrapé do goleiro, botando fogo no jogo. Três minutos depois, houve a lesão de Luiz Felipe no Frizão, obrigando o atacante Lohan a assumir a meta.

O Mecão mantinha o domínio, mesmo após o volante Araruama receber o segundo cartão amarelo, aos 45 minutos, e ser expulso. O time, porém, finalizava mal de fora da área. Somente Marlon testou Lohan, que espalmou, meio sem jeito, um chute do lateral rubro.

O gol, felizmente, nasceu. No sétimo dos oito minutos extras, aos 52 minutos, William Chrispim limpou um rival na área e finalizou. Daniel desviou e sacudiu a rede. Overdose de felicidade para a torcida americana.

America 3 x 2 Friburguense
30/06/2018 - Estádio Giulite Coutinho
Campeonato Estadual - Série B1 - Taça Corcovado (1ª rodada)
Gol: Lucas Sales aos 30 minutos do primeiro tempo; Lohan aos dois, William Chrispim aos 24, Raphael Carioca aos 34 e Daniel aos 52 minutos do segundo tempo

America: Rafael; Wesley (Raphael Carioca, 10 do 2º), Lucão, Bruno Santos e Quaresma (Marlon, 17 do 2º); Araruama, Pará, Anderson Künzel e Nivaldo; Moisés (William Chrispim, intervalo) e Daniel. TEC: Luisinho Lemos.

Friburguense: Luiz Felipe, Murillo, Bruno Leal (Rômulo, 24 do 1º), Marcão e Ricardinho; Damião (Lucas, 19 do 2º) , Dieguinho, Vitinho e Lucas Sales; Lohan e Dedé (Ziquinha, 23 do 2º). TEC: Cadão

Árbitro: Tarcizo Pinheiro Caetano, auxiliado por Ivan Silva Araújo e Marcio Moreira de Queiroz
Cartões amarelos: William Chrispim, Araruama, Nivaldo, Daniel e Quaresma (AME); Murillo, Romulo, Lohan e Diego Sales (FRI)
Cartão vermelho: Araruama (AFC)

- Departamento de Comunicação - AFC