Atacante tem 11 gols pelo Mecão (Marcio Menezes / America Rio)

25/01/2019
Na véspera dos 50 jogos, Daniel se dedica para reencontrar a melhor fase

Pela segunda vez na temporada teremos um jogador rubro completando 50 jogos com a camisa do clube. Depois do volante Anderson Künzel, o atacante Daniel - cuja história se liga à trajetória rubra desde 2012 - provavelmente alcançará a marca neste domingo, contra o Nova Iguaçu, no Laranjão.

Há sete anos no America, Daniel estreou no time profissional com 18 anos, em 2014, durante a Copa Rio, sob o comando de Aílton Ferraz. O Madureira foi o rival da estreia, vencida pelo adversário por 2 a 1. O melhor momento pelo clube, no entanto, veio no ano passado. Recuperado de uma lesão no joelho esquerdo, foi um dos destaques da equipe campeã da Série B1 do Estadual, com ótimas atuações e nove gols marcados, maioria entre os 11 que possui pelo Mecão.

- Fico muito feliz em ter a chance de atingir essa marca no clube que me abriu as portas. É uma sensação muito boa estar prestes a completar 50 jogos com essa camisa. No ano passado, após longa recuperação, voltei ainda mais focado para ajudar meus companheiros. Fiz um bom campeonato e marquei nove gols - relembrou.

Em 2019, no entanto, o atacante ainda não repetiu as atuações do Estadual anterior. Na última partida, contra o Macaé, ele mostrou evolução e chegou a acertar a trave em cabeçada desviada pelo goleiro Bambu. Fazer com que o gol que teima em não sair reapareça neste domingo seria algo especial para o jogador.

- Tenho conversado muito com o professor Luizinho nos últimos dias e feito trabalhos específicos de finalização para que eu volte a marcar gols. É uma questão de detalhe, sei do meu potencial e que posso caprichar ainda mais. Quem sabe no meu jogo de número 50 eu posso ter essa felicidade? - sugeriu, cheio de esperança.

Um fato reforça a confiança de que o incômodo jejum possa cair na próxima partida. Dos 11 gols que possui pelo clube, seis foram marcados em jogos como visitante. Alguns deles, especialmente, aconteceram em duelos importantes na Série B1, como nas vitórias sobre Itaboraí (2x1, no Alzirão, pela Taça Corcovado) e Sampaio Corrêa (3x0, em Saquarema, na semifinal geral da B1).

- Departamento de Comunicação - AFC




COMPARTILHE: