Bruno Bezerra briga pela bola (Juliana Oliveira / America Rio)

27/01/2019
America domina o Nova Iguaçu, mas gol em lance isolado sela o resultado negativo

Um filme indesejado para a torcida americana passou neste domingo no Laranjão. Tal como na rodada inicial do Grupo X, o America mostrou criatividade e iniciativa para dominar o rival, mas, novamente, o gol não saiu, apesar de muitas chances construídas. Nisso, o Nova Iguaçu, que poucas vezes chegou ao gol americano, aproveitou uma boa chance que teve para vencer por 1 a 0, gol de Caio Cezar, no início da etapa final.

Com a segunda rodada concluída, o Goytacaz lidera com quatro pontos, seguido por Nova Iguaçu (3) e Macaé (2). O Mecão, com apenas um, é o quarto, mas pode voltar ao G-2 em caso de vitória no próximo sábado, 2 de fevereiro, contra o líder, no Ferreirão. A partida começará às 17h.

A partida
Bem postado em campo, o America já mostrava superioridade no primeiro tempo e chegava a área do Nova Iguaçu, que pouco produzia ofensivamente. A melhor chance veio aos 35 minutos, quando Anderson Künzel acertou o pé da trave esquerda de Jefferson em cobrança de falta.

No começo da etapa final, o Nova Iguaçu teve seu melhor momento no jogo. Durante os primeiros dez minutos, teve mais posse de bola e conseguiu seu gol, feito por Caio Cezar após jogada de Bruno Veiga.

Substituto do titular Jefferson, que saiu lesionado, Caio Rangel virou o nome da partida. O Mecão ditava as ações e criava boas chances, mas o goleiro rival fez seis intervenções decisivas em pouco mais de meia hora. Ele evitou o gol rubro em chutes de Felipe Pará, Pedrinho, Tiago Corrêa, Miguel e William Chrispim.

Nova Iguaçu 1x0 America
27/01/2018 - Estádio Jânio Moraes (Laranjão), em Nova Iguaçu
Campeonato Estadual - Grupo X (2ª rodada)
Gol: Caio Cezar aos dez minutos do segundo tempo

Nova Iguaçu: Jefferson (Caio Rangel, 18 do 2º); Thiago Ryan, Murilo Henrique, Raphael Neuhaus e Lucas (Raniel, 12 do 2º); Paulo Henrique, Rodrigo Yuri, Julinho e Caio Cezar; Lucas Campos (Andrezinho, 12 do 2º) e Bruno Veiga. Técnico: Marcelo Salles.

America: Deola; Anderson Künzel (Bruno Bezerra, 39 do 2º), Vladimir, Lucão e Alan Pires (William Chrispim, 19 do 2º); Araruama e Tiago Corrêa, Miguel e Felipe Pará; Pedrinho e Daniel. TEC: Luizinho Lemos

Árbitro: João Ennio Sobral, auxiliado por Ricardo Nogueira da Silva e Guilherme Vogas Tavares
Cartões amarelos: Murilo Henrique e Rodrigo Yuri (NOV); Daniel e Miguel (AME).

Breve a crônica completa

- Departamento de Comunicação - AFC










COMPARTILHE: