Zagueiro já tem um ano como jogador rubro (Marcio Menezes / America Rio)

17/04/2019
Zagueiro Lucão quer time com espírito de decisão desde o início da Série B1

Após um ano completo como jogador do America, o zagueiro Lucão já experimentou sabores bem distintos. Viveu a alegria de um acesso - com direito a título - e também sentiu o desconforto de não alcançar uma meta, com a eliminação na Seletiva e o retorno à Série B1. Esse turbilhão de emoções fez com que o zagueiro chegasse mentalmente ainda mais forte para os novos desafios que se aproximam: uma nova edição da B1 e a Copa Rio.

Lucão já tem na cabeça a principal medida para um segundo semestre feliz para os americanos.

- Atenção desde o primeiro jogo. Conseguimos a B1 em 2018, mas não chegamos ao ponto que desejávamos. Agora, o alvo será o America, todos vão querer nos vencer. Temos de encarar cada partida com espírito de final - enfatiza, reconhecendo a pressão natural pelos bons resultados e pedindo humildade em prol dos objetivos traçados.

- Pra lidar com o favoritismo temos de ter os pés no chão. A gente sabe da força da camisa e do tamanho do clube. A gente precisa ter tranquilidade, saber o que quer. Tenho fé que faremos uma bela B1 e uma ótima Copa Rio para trazer títulos para o America.

O fortalecimento do grupo, visivelmente reforçado para as próximas competições, vai ao encontro das ideias do defensor, que reitera a importância de um elenco que tenha qualidade e quantidade.

- A gente sabe que a B1 é longa, difícil e equilibrada. Conseguimos êxito no ano passado, mas nada foi fácil, pelo contrário. O elenco tem de ser forte e qualificado e é isso o que o America está fazendo, tanto pelos reforços que chegaram como por aqueles que permaneceram. Todos serão úteis e importantes.

Na zaga, porém, ainda não há reforços confirmados. Assim como Lucão, permanecem Vladimir e Carlos Alberto. A confiança no trio é comemorada, assim como o entrosamento com os companheiros.

- Entrosamento é fundamental, ainda mais na zaga. Se conhecer, ter total confiança, isso é uma tranquilidade para o time. Tanto o Vladimir como o Carlos Alberto são amigos de dentro e de fora do campo. Quem jogar de nós três vai representar bem o America.

Com 28 jogos e dois gols marcados pelo Mecão, Lucão já soma tempo e jogos suficientes pelo clube para deixar sua mensagem para os novos companheiros.

- Digo para quem chega que estamos em um clube muito bom de se trabalhar. Tem torcida, história no futebol, é tradicional e quando chega bem nas competições contagia a todos os envolvidos. O America é grande e temos de colocá-lo de volta à elite do futebol carioca e ao cenário nacional.

O America estreia na Série B1 no dia 25 de maio, contra o Nova Cidade, fora de casa. A estreia na Copa Rio está prevista para o dia 3 de julho, O adversário sairá do duelo entre Sampaio Corrêa e Mageense.

- Departamento de Comunicação - AFC





COMPARTILHE: