Ney e seus atletas em treinamento (Juliana Oliveira / America Rio)

09/05/2019
Sub-20: Mecão descarta esperar combinações e só pensa em vencer o Resende

Nesta sexta-feira, o Mecão encara o Resende em busca de um lugar nas quartas de final da Taça Guanabara. Quarto colocado do Grupo A com 10 pontos, dois à frente do Madureira (que encara o Botafogo, já classificado) e um atrás do Boavista (que enfrenta o também classificado Flamengo), a equipe tem diversos quadros favoráveis para avançar, mas só a vitória garante esse objetivo independentemente de outros resultados.

O técnico Ney Barreto não quer depender de nenhum tipo de combinação para alcançar o mata-mata.

- O America pode até avançar sem vencer, mas só a vitória nos dá a garantia da classificação. Não vamos esperar por resultados. Um empate pode não ser suficiente. A gente pensa em fazer um jogo pra ganhar, sem afobação, mas jogaremos pra ganhar.

Elogiado pela boa capacidade de mudar a postura tática de sua equipe, Ney reforça essa necessidade, mas destaca uma característica permanente de seu time, seja qual for a situação.

- A gente vem trabalhando muito para ter esse poder de mudança, é necessário ter variações. Aquela coisa de achar que em time que está ganhando não se mexe eu não acredito muito. É preciso ter variação tática, de formação, essa é a riqueza de detalhes que te fazem surpreender um adversário, isso é muito importante. Mas a ideia comum a qualquer formação nossa é que somos um time ofensivo, que busca sempre o resultado.

O grupo quer dar um passo de cada vez, mas os sonhos não têm limites.

- Primeiro passo é colocar nosso time entre os oito da Taça Guanabara. É uma realidade próxima, batendo na porta, mas que ainda não conseguimos matematicamente. Nosso grupo é composto por meninos e por uma comissão que também é jovem. Caminhamos jogo a jogo, sem projeções, mas com um grande desejo de ir além. Agora a gente só pensa no Resende, não dá pra pensar em outra situação antes da gente conquistar a nossa classificação. Cada jogo pra gente é uma decisão - ressaltou Ney, antes de fazer uma revelação.

- Que prazer eu tenho de trabalhar com esse grupo, de conviver com eles. Esse grupo, naturalmente, terá modificações ano que vem. Muitos estouram a idade, outros saem, outros chegam. Temos de aproveitar cada momento e tornar isso o mais especial possível. A gente quer chegar muito longe.

O jogo decisivo com o Resende acontece nesta sexta (10), às 15h, no Estádio do Trabalhador.

- Departamento de Comunicação - AFC



COMPARTILHE: