Sandro volta ao clube que o revelou (Marcio Menezes / America Rio)

24/05/2019
Enfim, a estreia: Mecão visita Nova Cidade na abertura da Série B1

O America inicia mais uma caminhada de retorno à elite do futebol carioca. Neste sábado, no Estádio Joaquim Flores, em Nilópolis, enfrenta o campeão da Série B2 do ano passado, o Nova Cidade, em partida válida pelo Grupo A da Taça Santos Dumont. Apenas os dois melhores de cada grupo avançam às semifinais do Primeiro Turno.

É difícil imaginar que o Mecão, atual campeão da competição, tenha de voltar a jogá-la no ano seguinte. Devido a existência da seletiva, na qual não houve o resultado desejado, o clube terá de refazer o passo dado na B1 de 2018 para seguir firme em seu objetivo de voltar ao convívio de seus rivais históricos.

Os duelos da pré-temporada foram animadores. Em 10 confrontos, foram sete vitórias e três empates, com direito a algumas goleadas. A dedicação de todos nos trabalhos, iniciados no dia 18 de março, e o bom desempenho nos testes deixaram o técnico Luizinho Lemos animado.

- Conseguimos reunir um grupo forte e aos poucos colocamos todos no mesmo patamar de trabalho. Queremos chegar aos 100% durante a competição, mas estrearemos em uma situação muito boa. A confiança é muito grande e temos duas metas claras: voltar à Seletiva com o resultado do Estadual e buscar uma vaga no Brasileirão através da Copa Rio - destacou.

Grupo valorizado e reforçado
Melhor organizado internamente e financeiramente, o America obteve resposta positiva de praticamente todos aqueles com quem desejava permanecer para a sequência da temporada. Alguns foram emprestados e retornaram para a disputa da Série B1. No total, dezessete atletas do elenco que disputou a Série A seguem no grupo.

São 12 as novidades no plantel: o goleiro Lucas Carvalhaes (Mageense), os laterais Wagner Diniz (Fast-AM), Rafinha (Americano) e Christian (este ex-sub-20, que retorna ao clube após alguns meses), o zagueiro Wallinson (Novo Horizonte-GO), os meio-campistas Julinho (Nova Iguaçu), Matías Sosa (Cipoletti-ARG), Robinho (Bangu) e Chayene (Rio Branco-AC), além dos atacantes Matheus Babi (Macaé) e Raphael Carioca (Linense).

Reintegrado após resolver problemas pessoais, o experiente Sandro Silva também será cara nova nas competições que se aproximam e reestreará no clube que o revelou.

- Mais uma vez tenho a oportunidade de vestir essa camisa, de mostrar a grandeza desse clube para todos. A gente precisa voltar para elite. Estou 100% focado no America para buscar conquistas - destaca o volante.

Os reforços também vieram para fora das quatro linhas. O ídolo Renato Carioca assumiu a supervisão técnica e tem tido papel importantíssimo na integração entre atletas, comissão e diretoria. Também chegaram o fisiologista Luciano Sousa e o psicólogo Cleo Holanda, ajudando a fortalecer a estrutura de trabalho.

Formação
Nos dez jogos-treinos realizados, Luizinho teve a oportunidade de observar todos os atletas e de firmar uma formação principal, que só será anunciada perto da hora da partida de estreia.

Ausências
Quatro jogadores trabalham para estar em breve à disposição de Luizinho Lemos. O volante Thiago Souto passou por artroscopia no joelho direito e já começou a transição com o fisioterapeuta Darlann Lemos. Pela mesma intervenção cirúrgica serão submetidos, nos próximos dias, o lateral-esquerdo Quaresma e o volante Julinho, ambos com lesão no joelho esquerdo. O meia Nivaldo também se recupera de cirurgia, só que do ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo. Sua evolução tem sido excelente e ele tem tudo para estar apto a atuar já no returno.

Último duelo
Tem quase 30 anos o último duelo oficial entre os dois times. No dia 18 de março de 1990, no saudoso Estádio Wolney Braune, em Vila Isabel, vitória rubra por 2 a 0, em jogo válido pelo Estadual daquele ano.

Arbitragem
José Waldson de Mattos Modesto é o homem do apito em Nilópolis, auxiliado por Raphael Carlos de Almeida Tavares dos Reis e Renato da Silva e Silva.

Ingressos
Fique atento! Conforme nos foi informado pela comunicação do clube de Nilópolis, a carga para a partida é de apenas 300 ingressos, custando R$ 20 e R$ 10, sendo que APENAS 50 DELES PARA O TORCEDOR AMERICANO. Venda na bilheteria do próprio estádio a partir das 13h, com gratuidades e meias apenas em conformidade com a legislação.

Transmissão
Você acompanha o jogo em Tempo Real no Instagram oficial do Mecão.

- Departamento de Comunicação - AFC








COMPARTILHE: