Atacante tem quatro gols em quatro partidas (Marcio Menezes / America Rio)

19/06/2019
Pedrinho enaltece força do grupo para falar dos gols feitos e da boa fase

O atacante Pedrinho já apresentava boas atuações desde o começo do ano, na disputa da Seletiva e do Grupo X do Campeonato Estadual. No entanto, agora pode-se cravar que o jogador vive grande fase no início da Série B1. Em quatro jogos, quatro gols marcados, alguns deles de encher os olhos, como o sem-pulo contra o Nova Cidade e a falta precisa batida contra o Angra dos Reis.

O atleta não disfarça a alegria quando fala sobre as razões do momento especial, mas divide o mérito com os companheiros e faz uma observação importante.

- A boa fase vem através do trabalho e da ajuda dos companheiros, que sempre me dão tranquilidade. Quando se trabalha em grupo, naturalmente os gols vão saindo. Eu ressalto a importância do coletivo: a fase de todos atacantes é boa no momento.

E ele tem razão. De oito gols marcados até aqui, sete foram de atacantes ou de meias ofensivos (quatro de Pedrinho, dois de Babi e um de Matias Sosa). Os números ratificam a efetividade dos jogadores do setor e mostram que a fase em que a equipe apresentava muita criação e pouca efetividade ficou, definitivamente, no passado.

A sequênica de desafios para Pedrinho e seus companheiros, no entanto, não parece simples. Os próximos três duelos rubros são contra rivais que estão colados no Mecão, que lidera o Grupo A com nova pontos: Audax (sete), Olaria e Goytacaz (oito cada). O jogador, contudo, mira cada batalha individualmente.

- Temos que fazer o que a gente tem feito: encarar um obstáculo de cada vez, com sabedoria e foco. Temos uma semana livre de trabalho para chegar bem ao jogo de domingo e buscar a vitória.

Serenidade
Aos poucos, o emocional da equipe, muito abalado pela morte do técnico Luizinho Lemos, vai se refazendo. Agora comandado por Renato Carioca, o Mecão busca a trinca contra o Audax. O atacante enfatiza que o elenco está centrado e sabe onde quer chegar.

- O grupo está muito focado no objetivos. As vitórias, claro, vão dando mais tranquilidade. O mais importante é seguir trabalhando - explicou, antes de falar sobre a relação com o novo treinador.

- A minha relação com o professor Renato tem sido muito boa, ele me dá liberdade para fazer meu trabalho. Além disso, ele tem me dado alguns toques importantes sobre a marcação - completou.

- Departamento de Comunicação - AFC







COMPARTILHE: