Ney orienta o zagueiro no treino (Marcio Menezes / America Rio)

19/07/2019
Zagueiro Carlos Alberto garante estar pronto para aproveitar oportunidade

É preciso sempre estar pronto para a hora em que a oportunidade bate à sua porta. A ideia parece manjada, mas é realidade perfeita para o zagueiro Carlos Alberto, novidade na equipe que encara o Artsul neste sábado, às 15h, no Los Larios, em busca da vaga na semifinal da Taça Santos Dumont.

Com 12 jogos pelo Mecão, Carlos Alberto não é titular desde 1º de setembro do ano passado, quando disputou os 90 minutos da vitória sobre o Carapebus por 5 a 0 e completou a goleada com um gol de peito. Na competição atual, ele jogou 15 minutos na vitória sobre o Sampaio Corrêa (2 a 0), na 3ª rodada.

O defensor se sente seguro para voltar a atuar e substituir à altura Lucão, que tem uma fratura no nariz ocorrida no confronto contra o São Gonçalo.

- Estou pronto, sem dúvida, até porque estou fazendo o que eu mais gosto. Vinha trabalhando duro porque a oportunidade aparece mesmo quando menos esperamos, então precisamos estar prontos sempre. Estou confiante pra dar meu melhor pelo America para que possamos sair com essa vitória tão importante.

Ao seu lado, a experiência de Vladimir, o capitão da equipe. Embora já tenham treinado juntos diversas vezes, será o primeiro jogo oficial da dupla. Carlos Alberto garante que isso não é um problema.

- Estamos juntos no clube há mais de um ano. Conheço o Vladimir muito bem e ele também me conhece.

O retorno do jogador acontecerá paralelamente ao momento da estreia do técnico Ney Barreto, que fará seu primeiro jogo à frente dos profissionais. A semana de treinamentos foi super bem avaliada pelo jogador.

- Tivemos uma semana muito produtiva com o professor Ney. Ele fez muitos trabalhos tático com a gente, parando, explicando as linhas de marcação com muita ênfase - observou o jogador, ciente de que só a vitória interessa para o Mecão neste sábado.

- Nós somos o time grande da competição, então nos devemos nos portar assim, nos impondo no jogo. Sabemos que não vai ser fácil porque todo mundo quer jogar bem contra o America. Mesmo sem possibilidade de classificação, eles virão com tudo pra cima da gente. O negócio é ter paciência e tranquilidade para buscar essa vitória.

- Departamento de Comunicação - AFC



COMPARTILHE: