Ney Barreto e seu auxiliar, Jefter Percy (Marcio Menezes / America Rio)

01/01/2020
Pouca festa, muito trabalho: Ney prepara o time para a decisão com a Lusa

O fim de 2019 e o início de 2020 se confundem no America. O ritmo de treinamentos para jogos importantes - o Mecão tem duelo decisivo neste sábado, com a Portuguesa - e o espírito de decisão mantiveram o time permanentemente ligado no período de festas, até mesmo poucas horas antes do Révellion.

- O último treino do ano aconteceu em clima de harmonia. Foi bem produtivo, trabalhamos duro em meio ao calor. Nosso desejo é de vitória para começar a ter o 2020 que tanto desejamos a todos: atletas, torcedores, comissão técnica e funcionários - destacou o técnico Ney Barreto.

O confronto com a Lusa, que vale a liderança da Fase Preliminar, tem todos os ingredientes de um grande jogo.

- É uma grande equipe e não é líder à toa. (A Portuguesa) Gosta da bola, é ofensiva e tem muita qualidade individual. Estamos estudando muito suas características. Será uma partida de paciência, inteligência, um jogo pensado, sem precipitações. Estamos preparados para duelos como esses - destacou, antes de analisar a ausência do atacante Daniel.

- Ele (Daniel) fez dois ótimos jogos. E, embora eu não goste de falar de arbitragem, foi expulso injustamente contra o Americano. Estou trabalhando algumas opções para suprir essa lacuna.

Torcida
O comandante rubro reforça a importância da presença dos torcedores americanos na partida. 

- Esse apoio é fundamental. Na estreia, contra o Macaé, sentimos isso na prática. Esperamos um público ainda maior contra a Lusa. A torcida do nosso lado é fundamental. Peço que nos apoiem até o final, a gente vai batalhar muito pelo resultado positivo.

O America recebe a Portuguesa no próximo dia 4, sábado, no Estádio Giulite Coutinho, às 15h.

- Departamento de Comunicação - AFC




COMPARTILHE: