Guilherme foi uma das revelações da equipe na temporada (Foto: Diego Andrade/AFC)

04/08/2020
Com direito ao primeiro gol, Guilherme avalia a primeira temporada como profissional

Uma das grandes revelações do America na temporada, com direito a um gol marcado , Guilherme destaca-se pelo talento. Entre passagens pela Europa, foi no America que encontrou-se e desenvolveu-se como profissional. Na primeira temporada como profissional, um gol em sete jogos, como titular e reserva. Agora, de contrato renovado até o fim de 2021, o atacante é uma das esperanças da equipe para a próxima temporada.

1 - Como você avalia sua primeira temporada como profissional?

Minha primeira temporada, além de ser uma enorme realização profissional, foi uma etapa de muito aprendizado, muito amadurecimento, onde eu pude contar com os jogadores mais experientes para me aperfeiçoar e contribuir cada vez mais com a equipe.

2 - Você lembra o que sentiu quando entrou em campo pela primeira vez nos campos como profissional?

Foi realmente emocionante. Nervosismo misturado com ansiedade e muito frio na barriga. Mas, quando o jogo começa a rolar, esses sentimentos são substituídos por muita felicidade e gratidão pela oportunidade de mostrar o meu futebol, procurando sempre dar meu melhor e ajudar o Mecão a atingir seus objetivos

3 - Falando um pouco da história, como você começou sua carreira como jogador?

Comecei com 6, 7 anos em uma escolinha perto da minha casa. Logo depois, fui para o Tio Sam, onde me destaquei e fui chamando para fazer parte da equipe do Fluminense. A partir deste momento, as portas foram se abrindo. Joguei torneios em alguns países da Europa, como em Portugal. Em 2019, vim para o America.

4 - E como você chegou ao America?

Eu jogava em 2018 no Acadêmico de Viseu, em Portugal. Retornei para o Brasil e, no início de 2019, tive a oportunidade de ingressar no America.

5 - Como foi sua transição da base para o profissional?

Essa transição da base para o profissional é uma etapa bem importante para a gente. Tanto a comissão técnica quanto os jogadores procuram compartilhar com a gente toda experiência e valores que um homem deve ter, tanto dentro como fora de campo. Eles conversam muito com a gente, sempre mostrando a importância de cada um fazer sua parte e nos deixam mais confiantes e preparados para seguir com a carreira de futebol.

6 - Como foi o papel da Comissão Técnica e da diretoria na chegada ao profissional?

O America apresenta uma Comissão Técnica e jogadores de excelência, que têm total competência para alcançar seus objetivos. Acho que a integração de profissionais experientes com os jovens é uma ótima oportunidade de nos tornarmos profissionais melhores e mais competentes para ajudarmos o clube a atingir suas metas. Estamos dando o nosso melhor para garantir os melhores resultados.

7 - De contrato renovado, quais são suas expectativas para a próxima temporada no Mecão?

Minhas expectativas são as melhores. Espero contribuir para o America retornar à elite do futebol carioca, lugar de onde nunca deveria ter saído, dando o meu melhor dentro de campo. Espero também melhorar cada vez mais como profissional cumprindo meus deveres e atingindo todos os meus objetivos

8 - Como você definiria o America na sua vida?

O America sempre ficará marcado na minha vida, foi o clube que me abriu às portas para o futebol profissional, além de contribuir muito para a minha formação como homem e como jogador. Minha relação com o America sempre vai ser de muita gratidão por todas as oportunidades e chances que aqui eu tive.

Guilherme é fruto do projeto de valorização das categorias de base do Plano de Modernização e Excelência, que tem como um dos principais resultados o retorno da equipe para a disputa da Copa São Paulo de Futebol Júnior, depois de 16 anos, além da grande quantidade de atletas revelados para o time profissional, como o lateral Caio, que renovou contrato com o clube até o fim de 2021.






COMPARTILHE: