Goleiro de 22 anos chega com expectativa em alta ao America/Foto: Diego Andrade/AFC

01/11/2021
Goleiro Felipe Bastos celebra a chegada ao America e revela seus objetivos para a temporada

Por Thiago Alexandre

Cria do Botafogo-SP, o goleiro Felipe Bastos é mais uma promessa que chega ao clube, sendo o terceiro entre os nossos arqueiros de fora do Rio. Com passagem pelo futebol Italiano e com o ex-goleiro da Seleção Brasileira, Júlio César, como inspiração, Bastos foca no trabalho para conseguir mostrar a sua individualidade e ter espaço no elenco. Em entrevista, o jovem goleiro nos conta sobre as suas expectativas para o futuro vestindo a camisa rubro.

Como foi o início da sua carreira?

Eu sou do interior de São Paulo, vim do Botafogo de Ribeirão Preto onde fiz a base dos 12 até os 20 anos. Depois fui para a Itália e joguei pelo Pisa onde tirei cidadania. No ano seguinte voltei e fui para São Paulo jogar a série B pelo Francana, fiz um bom campeonato e me transferi para o Noroeste, onde treinei, mas antes de começar o campeonato surgiu uma proposta do Maranhão, para jogar a primeira divisão pelo Pinheiro, cheguei a jogar, mas aí veio a pandemia e o campeonato parou. Nesse meio tempo o nosso contrato acabou, o clube não tinha mais chances de ser rebaixado e não renovou com ninguém e eu fui para o Rio Branco, de Americana, interior de São Paulo, disputei mais uma competição e surgiu a proposta de transferência para o America.

Como foi o processo de chegada aqui no clube?

Foi bem legal. O clube é bem conhecido lá em São Paulo. Todos conhecem a grandeza do America até pelos torcedores que possui e que são conhecidos no Brasil inteiro e pra mim foi gratificante ter recebido esse convite.

Quem é a sua inspiração no futebol?

Júlio César, goleiro da Seleção Brasileira e da Inter de Milão. Desde criança me espelho muito nos movimentos e na maneira dele jogar.

E você durante o dia, como é?

Eu sou mais tranquilo, gosto de ficar no alojamento, não tenho muita vontade de sair, mas tenho vontade de conhecer o Rio de Janeiro com a minha família


Como você se define?

Eu sou um goleiro rápido, não tenho a estatura tão alta como outros goleiros, mas tenho um bom tempo de bola, sou bom no um contra um – bola cara a cara - com boa com saída de bola e com bola aérea

O que o torcedor pode esperar de você?

Dedicação não pode faltar. Viso e tenho o pensamento de jogar, então vou batalhar ao máximo para isso. E espero que a equipe possa embalar nesse campeonato para conseguir alcançar a primeira divisão.



COMPARTILHE: