Foto: Sandro Vox-Agência Sangue

09/03/2014
Vitória eleva expectativa de Gilson Nunes

De volta ao comando do America após trinta anos, o treinador Gilson Nunes iniciou sua nova jornada à frente do Mecão com o pé direito. Em sua estreia, neste sábado (8), em Mesquita, os rubros derrotaram de virada, o Sampaio Corrêa, que é o vice-líder do grupo A da Taça Santos Dumont e estava invicto na competição, o que fez com que o comandante americano não poupasse elogios aos seus comandados.

- Foi uma participação digna do America. Estou a uma semana trabalhando com o grupo e pude vê-los dentro de campo extremamente motivados e respeitando as cores americanas. Os jogadores que começaram e os que entraram se empenharam o tempo todo e me orgulharam. Conseguimos a vitória e ela nos deixa com uma expectativa positiva na competição, mas vamos pensar jogo a jogo – comentou.

Gilson destacou o trabalho que vem exercendo junto com os atletas rubros e frisou o êxito em sua primeira missão. No entanto o treinador fez questão de dedicar a maior parte do mérito pelo triunfo para os jogadores do America.

- Desde que eu cheguei estamos trabalhando forte e os jogadores procurando fazer o melhor dentro de suas possibilidades. E a gente pedindo a Deus para ser iluminado e encontrar uma visualização do que possa ser melhor, momentaneamente, para o America. E eu acho que nós tivemos êxito na missão. Não fui eu sozinho e sim todos nós juntos, principalmente os jogadores, que fizeram uma partida com a mais alta dedicação.

O treinador do Mecão ainda citou a renovação de ânimo dos americanos após terem conseguido a primeira vitória na competição o que, em sua visão, vai facilitar o trabalho para os próximos confrontos dos rubros na Taça Santos Dumont.

- Mesmo que nós não tivéssemos alcançado a vitória o ânimo tinha que permanecer, mas graças a Deus conseguimos a vitória e isso facilita ainda mais o entendimento dos rapazes de que as coisas não são fáceis. No entanto também mostra a eles que nós temos condição de superação. O que deixa a dinâmica muito forte no sentido de se preparar e poder ter a oportunidade de jogar ainda melhor do que hoje – concluiu.


COMPARTILHE: