Marcos Ribas é o gerente da base do America. Foto: Raffa Tamburini/SportVoice

22/06/2014
Marcos Ribas vê base com chances de formar atletas de nível mundial

Dezesseis dias após ser apresentado oficialmente como gerente do Futebol das categorias de base do America, Marcos Ribas enxerga um futuro promissor para os jovens americanos. E Ribas fala com propriedade sobre o assunto, já que tem mais de 20 anos de experiência no futebol francês e ajudou a revelar dois craques do futebol mundial: Youri Djorkaeff, campeão do mundo em 1998, e Olivier Giroud, atual centroavante titular da seleção da França.

O meia da seleção campeã da Copa do Mundo da França em 1998, Djorkaeff, e Giroud, atacante do Arsenal-ING e dono da camisa 9 da seleção francesa, foram frutos de sua permanência de 1986 a 2006 no Grenoble F38, onde atuou na mesma função, na cidade francesa Grenoble. Homem de confiança de Michel Destot, que em 1995 se tornou prefeito da cidade, Marcos Ribas desenvolveu um projeto que beneficiou milhares de jovens e abasteceu a equipe profissional do clube com atletas de alto nível, possibilidade real de ser repetida, agora no America.

- Podemos ter “Djorkaeffs”, “Girouds” e até mais que isso. Temos atletas incríveis e, se eles continuarem se empenhando, com os treinadores que nós remanejamos e com as mudanças que estamos fazendo, com certeza vão atingir um nível muito bom. Em pouco tempo conseguiremos abastecer o nosso time profissional com os atletas da base e assim o America não vai precisar buscar jogadores fora do clube – garantiu.

E as mudanças para que isso aconteça já estão em andamento. De acordo com Ribas o primeiro passo foi migrar os treinamentos das equipes Infantil, Juvenil e Juniores para Mesquita, criando uma proximidade com os atletas profissionais, algo benéfico para os jovens. As medidas seguintes são as conversas constantes com o treinador da equipe principal, Aílton Ferraz, para que a base trabalhe com o mesmo pensamento da equipe profissional – parecido com o que acontece no Barcelona-ESP.

Apesar de uma rápida evolução, Marcos Ribas não se acomoda. O gerente afirmou que um Centro de Treinamento para as categorias de base é fundamental para o America voltar a ser um clube formador de grandes talentos e garante buscar isso em um futuro próximo. Para Ribas este CT ajudaria e muito na formação de bons jogadores, aliando também a missão do clube, de educar e formar cidadãos também.

- Precisamos de um CT em um futuro próximo e vamos em busca disso. Com ele espero fazer o America voltar a ser um clube formador, pois este é seu DNA. Fica difícil precisar o tempo, mas vamos acelerar isso. O America está localizado na baixada fluminense, em Mesquita, lugar onde temos meninos com talentos incríveis. Quando fizermos o Centro de Treinamento, com uma escola uniremos a formação de talentos para o clube com a oportunidade de formar cidadãos e ajudar milhares de jovens.



COMPARTILHE: