Castro (d) levou perigo ao gol vascaíno. Foto: Raffa Tamburini/America Rio

27/08/2014
Rubros jogam com o Vasco no CFZ

Nesta quarta (27) o Centro de Futebol Zico foi palco de um clássico do futebol carioca: America x Vasco. O duelo não era oficial, mas o jogo-treino foi bastante disputado e terminou com a magra vitória vascaína, por 1 a 0. O Mecão - que foi recepcionado por Zico, o dono do CFZ - até criou boas oportunidades no amistoso, mas não conseguiu marcar.

Devido ao desgastante confronto contra o Nova Iguaçu, no domingo (24), o treinador Ailton Ferraz preferiu não iniciar o jogo-treino com sua equipe principal - com a exceção de Marcelo Costa e Raphael Azevedo, titulares nos dois primeiros jogos do Mecão na Copa Rio. Como levou todos os seus atletas, o treinador realizou trocas periódicas, a cada vinte minutos - o amistoso teve dois tempos de 35 minutos.

Os rubros arriscaram muitos chutes de média e longa distância, e Castro foi o jogador mais perigoso do duelo, com duas finalizações de fora da área que saíram com perigo - ambas no primeiro tempo. Júnior, Gilcimar e Allan também tentaram remates de longe, porém não obtiveram sucesso. Mas, mesmo o America criando chances mais incisivas que os rivais, foram os vascaínos que marcaram. Após cobrança de escanteio de Guilherme Biteco, pela direita, Edmilson desviou e Rafael Silva completou para as redes, selando o placar no meio da etapa final.

Os rubros atuaram com: Henrique; Max, Marcelo Costa, Thadeu Paraguai e Noel; Raphael Azevedo, Denilson e Castro Jr; Marcelinho, Castro e Rafael Rebelo. Entraram: Luís Henrique, Cassiano, Romarinho, Renan, Elisson, Vinícius Paquetá, Felipe, China, Jadson, Vladimir, Edu Pina, Taércio, Muniz, Júnior, Leandro Chaves, Allan e Gilcimar.

Avaliação do comandante

Apesar do revés, o treinador rubro se agradou com a atuação de seus atletas. Contente com o empenho dos jogadores no importante teste contra o Vasco, que serviu de preparação para a Copa Rio, Ailton Ferraz avaliou.

- Achei um bom treino de nossa equipe. Pena que não pude colocar um time só e a cada vinte minutos tive que trocar atletas. Mas o Vasco jogou forte, do jeito que eu queria, pois a Copa Rio exige isso. Eles fizeram 1 a 0 e marcaram na única oportunidade que tiveram. Nós criamos outras chances, mas não convertemos - disse Ailton.

Satisfeito de uma forma geral, o comandante americano fez questão de agradecer a gentileza Vascaína. Ailton Ferraz também ressaltou as lições aprendidas no duelo desta quarta (27), que servirão de exemplo para os confrontos da Copa Rio.

- Em nome do America agradeço ao Adilson Batista - técnico vascaíno - e ao Vasco pela oportunidade que tivemos de treinar em um campo muito bom, como é esse do CFZ. Tiramos bastante proveito desta atividade e vamos corrigir onde erramos, para que a gente consiga, se Deus quiser, acertar nos jogos - finalizou.









COMPARTILHE: