Saci (e) abriu o placar contra o São Cristóvão. Foto: Raffa Tamburini/America Rio

31/03/2015
`Fizemos por merecer o resultado`, afirma Fábio Saci

O America se aproximou da classificação para a semifinal da Taça Santos Dumont com uma vitória merecida sobre o São Cristóvão no domingo (29). Ao menos este é o pensamento de Fábio Saci. O atacante, que abriu caminho para o triunfo ao marcar o primeiro gol do jogo, garantiu que o resultado do embate foi justo, principalmente pelo empenho demonstrado pelos rubros.

- O placar foi justo. Fizemos por merecer o resultado. O jogo começou equilibrado, mas, depois da parada técnica voltamos melhor, marcamos um gol e seguimos nos empenhando. Depois ampliamos no segundo tempo e, por isso, acredito que o placar não é mentiroso - disse.

Ao abrir o placar no domingo (29), Saci se tornou o primeiro jogador do Mecão a marcar gols em dois jogos seguidos na temporada. Naturalmente irreverente e simpático, o atleta não escondeu o sorriso e seu contentamento com a boa fase vivida, e prometeu mais dedicação para seguir ajudando o Rubro, se possível, com gols.

- A gente sempre procura trabalhar para marcar gols. Fui feliz nos dois últimos jogos e espero seguir marcando (gols) para ajudar o america em seu objetivo. Procuraremos fazer o nosso melhor, marcando gols para vencermos os jogos. No entanto o mais importante é a gente vencer, seja com gol do Saci, Somália, de zagueiro, de goleiro, de qualquer um. Temos várias opções no grupo e o Arturzinho vai precisar muito do elenco. Os atletas que vem entrando estão dando conta do recado e acredito que vai continuar assim - finalizou.

Atividades

Na manhã desta terça (31), os jogadores que participaram de ao menos 45 minutos do confronto com o São Cristóvão realizaram um trabalho regenerativo e de musculação no Centro de Treinamentos do Estádio Giulite Coutinho, em Mesquita. Também no mesmo local e horário, o restante do plantel americano fez treinamentos físicos, orientado pelo preparador físico Ribinha e supervisionado pelo treinador Arturzinho e seus auxiliares, Tuca Lima e Almir Lima. Os arqueiros realizaram trabalhos específicos com o preparador de goleiros Ricardo Cruz.