Técnico dos rubros falou sobre o duelo contra o Gonçalense. Foto: Sandro Vox/America Rio

12/04/2015
Apesar da derrota, Arturzinho exalta atuação do America

A derrota de 1 a 0 para o Gonçalense, sem dúvidas, não era o resultado esperado pelo America. Até pela forma como a partida se desenhou no sábado (11), já que, aos olhos de Arturzinho, os rubros foram superiores no duelo. Mesmo se confirmando o revés, a equipe americana lutou bastante e buscou a vitória ao longo dos 90 minutos. Tamanha foi a dedicação dos rubros em Itaboraí, que seu treinador reconheceu e exaltou seus esforços para tentar reverter o placar.

- Saí batante orgulhoso (de minha equipe) e falei com os atletas após a partida. Quando tenho que reivindicar, reclamar, ficar chateado, dar broncas, eles sabem que não refresco. Mas contra o Gonçalense o America me orgulhou. Eles correram, se esforçaram e se dedicaram. Mas era aquele dia que, mesmo se jogássemos mais 90 minutos, não conseguiríamos marcar - disse.

Contente com o empenho demonstrado por seus comandados, Arturzinho deixou claro seu descontentamento com a derrota. O treinador parabenizou o rival pelo triunfo, porém ressaltou que os americanos não mereciam o revés no compromisso.

- Dou parabéns ao Gonçalense pelo resultado e vamos continuar trabalhando para que as coisas se ajeitem. Mas, com certeza, esse resultado é injusto. Costumo dizer que justiça no futebol é bola na rede. Entretanto, se ela (justiça) existisse eu tenho certeza que não teríamos perdido. Tivemos inúmeras oportunidades de marcar, inclusive um pênalti, que significaria, no mínimo o empate. O America se impôs, jogou melhor, mas não teve precisão nas finalizações, o que foi crucial.

Líder do Grupo B da Série B do Carioca, o America volta a campo na próxima quarta (15), às 20 horas. Precisando somar apenas um ponto para se classificar para a semifinal da Taça Santos Dumont de forma antecipada, o Mecão vai enfrentar o Sampaio Corrêa. A partida vai ser disputada no Estádio Giulite Coutinho, em Mesquita.