Marcelinho abriu o placar e participou do gol de Jean. Foto: Emerson Pereira/Super Gol

10/06/2015
Com gols de Marcelinho e Jean, America vence e fica mais perto do Triangular

Com uma exibição convincente, que encheu de orgulho seus torcedores - que aplaudiram o time do início ao fim -, o America derrotou o São Gonçalo FC e agora está a uma vitória de se garantir no Triangular Final do Estadual. O triunfo desta quarta (10), em Mesquita, construído com gols de Marcelinho - que participou diretamente dos dois tentos do confronto - e de Jean - que retornou ao time após desfalcar a equipe durante todo o returno -, ainda manteve o Mecão na liderança do Grupo B da Taça Corcovado, com 17 pontos. Invictos no returno do certame, os rubros voltam a campo no próximo sábado (13), às 15h, quando enfrentam o Queimados, no Estádio Marrentão, em Duque de Caxias.

A partida

O America precisou de dez minutos para fazer seu torcedor explodir em alegria no Giulite Coutinho. Fábio Braz puxou contra-ataque, avançou do meio de campo até a ponta direita e cruzou com perfeição para Marcelinho. O atacante se antecipou ao zagueiro, dominou no peito e, sem deixar a bola cair, tocou por cima do goleiro gonçalense: 1 a 0. Após o gol os rubros seguiram pressionando a Muniz, aos 13 minutos, quase marcou. Atuando como volante, o atleta chutou de canhota, de fora da área, e viu a bola passar perto da trave esquerdo de Victor. Quatro minutos depois foi a vez de Léo Rocha arriscar do mesmo local. Contudo o remate saiu fraco e o arqueiro encaixou a bola.

Nos minutos seguintes o jogo ficou mais equilibrado, mas o America teve ligeira superioridade na posse de bola. Entretanto o período seguiu morno e sem chances claras para ambos os times. Com a segunda etapa voltaram as oportunidades reais de gol e o Mecão quase ampliou em um lance incrível. Marcelinho cobrou escanteio da esquerda e Victor não conseguiu afastar. A bola sobrou nos pés de Somália, na pequena área, e o atacante chutou de primeira. A zaga do São Gonçalo salvou em cima da linha, porém a bola se apresentou para Vagner Eugênio. No entanto a finalização do defensor teve o mesmo destino do chute de Somália, já que Raphael voltou a evitar o gol.

Pouco depois, aos sete minutos, Léo Rocha quase marcou um golaço. O camisa 10 do America recebeu na ponta direita, trouxe para a perna esquerda e limpou três marcadores enquanto se dirigia para a entrada da área. De lá o meia chutou forte e arrancou gritos das arquibancadas, já que a bola passou muito perto do ângulo direito do goleiro. O próprio Léo Rocha quase atuou de ´garçom´ para Somália aos 14 minutos. O meia cruzou da ponta esquerda e o atacante completou de peixinho, para uma boa defesa de Victor. Fazendo valer seu mando de campo o America seguiu se impondo ao rival, que não conseguiu superar a defesa americana e, consequentemente, fazer o goleiro Felipe trabalhar.

Por sua vez o Rubro seguia tentando marcar mais um gol, para ter um pouco mais de tranquilidade no duelo. Os americanos quase obtiveram êxito aos 30 minutos, quando Vagner Eugênio completou, de cabeça, o escanteio cobrado por Marcelinho, da esquerda. Todavia a bola, caprichosamente, bateu no travessão. No minuto seguinte o lateral-esquerdo Enric fez uma excelente jogada individual e ficou perto de marcar o seu. O atleta partiu em velocidade da intermediária esquerda, invadiu a área e chutou cruzado. A bola saiu a esquerda do goleiro, a poucos centímetros da trave. Depois de muito pressionar o America voltou a balançar as redes três minutos depois, com o estrelado Jean.

O atacante acabara de entrar no lugar de Somália e, em seu primeiro toque na bola, balançou as redes. Léo Rocha lançou, milimetricamente, Marcelinho na meia esquerda, o atacante ganhou de seu marcador na velocidade e chutou forte, cruzado. Victor fez um milagre com a mão esquerda, mas a bola sobrou limpa para Jean, que só a empurrou para o fundo do gol: Mecão 2 a 0. O gol deu mais tranquilidade aos americanos, que mesmo assim seguiram comandando o duelo. No entanto o placar se manteve igual até o fim do confronto, para a festa dos torcedores presentes no Estádio Giulite Coutinho.

Ficha Técnica

America 2x0 São Gonçalo FC – Taça Corcovado, 8º rodada - 10/06/2015, às 15h

Estádio Giulite Coutinho (Mesquita-RJ)
Árbitro: Philip Georg Bennett
Assistentes: Wagner de Almeida Santos e Wallace Muller Barros Santos
4º Árbitro: Matheus Carneiro Torres

America: Felipe; Wander, Fábio Braz, Vagner Eugênio e Enric; Muniz (Lucien, 10´/2T), Darlan, Accioli (Ramon, intervalo) e Léo Rocha; Marcelinho e Somália (Jean, 34´/2T). Técnico: Arturzinho.

São Gonçalo FC: Victor; Dreivison, Diego Mendes, Raphael e Matheus; Ramon (Léo, 6´/2T), Vitor, Maykon e Walber; Felipe Linhares (Felipe, 30´/1T) e Edu (Faioli, 23´/2T). Técnico: Antônio Carlos Roy.

Cartões amarelos: EDU (SGF)

Gols: Marcelinho, 10´/1T (1-0); Jean, 34´/2T (2-0)

Público: 247 pagantes (397 presentes).

Renda: R$3.270,00.



COMPARTILHE: