Arqueiro rubro confia no potencial da equipe. Foto: Raffa Tamburini/America Rio

15/06/2015
Felipe espera boas atuações e a classificação do America para final do returno

A partir desta quarta-feira (17) o America só disputará jogos decisivos na Série B do Estadual. Já garantido no Triangular Final da competição, o Rubro tenta conquistar o returno para melhorar sua situação e chegar na fase decisiva do Carioca com um ponto extra*. Para conseguir isso, o Mecão precisa conquistar o título da Taça Corcovado e, antes disso, bater a Portuguesa, rival da semifinal do returno - disputada em dois jogos. O goleiro Felipe, um dos destaques americanos na competição - o arqueiro só sofreu gols em 7 dos 19 jogos do America no Estadual -, acredita no avanço do Mecão para a decisão do returno e crê em uma boa atuação do Rubro nos 180 minutos de embate com a Lusa.

- Espero que diante da Portuguesa a gente possa voltar a obter êxito, como tivemos na Taça Santos Dumont, com um 2 a 1 sobre eles em nossa casa. Vai ser um jogo totalmente diferente, um bom duelo, digno de duas equipes que vão jogar para ganhar. Desejo que o melhor vença e que o melhor seja, se Deus quiser, o America. Na semifinal do primeiro turno tínhamos o regulamento a nosso favor e nos classificaríamos com dois empates, mas não soubemos aproveitá-lo. Agora não teremos essa vantagem e nossa equipe vai atuar como se fosse necessário vencer os dois embates. Almejo que a gente possa desenvolver um bom futebol para conseguirmos a classificação e avançarmos para a final - comentou.

Segundo jogador que mais vestiu a camisa do Mecão do atual elenco, 39 vezes - atrás apenas de Marcelinho, com 42 participações -, Felipe fez questão de deixar para trás tudo o que foi obtido pelo America até então na Série B. Apesar de lembrar dos bons números da defesa - o setor sofreu apenas 11 gols em 19 partidas, e detém a melhor marca do Carioca - e do ataque do Mecão - terceiro melhor da competição, com 27 gols marcados - no torneio , o arqueiro ressaltou que, daqui para frente, só o que importa é o confronto com a Portuguesa. O jogador ainda apontou erros do America no certame e garantiu que os mesmos servem de lição para os jogos decisivos que virão.

- Contra a Portuguesa vai ser um jogo totalmente diferente, temos que apagar tudo o que foi feito na Taça Corcovado. É uma partida de 180 minutos, na qual a gente precisa buscar a vitória a todo momento para conseguir a classificação para a final e, consequentemente, ser campeão do returno. (A derrota para o Queimados) serve de lição para que a gente não entre desligado em momento algum, em nenhuma partida. Temos que atuar bem em todos os jogos daqui para frente para a gente conseguir o tão esperado acesso para o America - concluiu.

Treinamentos e semi

Dando sequência nos preparativos para o primeiro jogo da semifinal do returno, contra a Portuguesa, o America realizou treinos na tarde desta segunda (15), no Giulite Coutinho, em Mesquita. Treinados por Arturzinho, os rubros fizeram trabalhos físicos, táticos - posicionamento ofensivo e defensivo e um coletivo - e técnicos - finalizações -, que duraram aproximadamente duas horas. Na terça-feira (16) pela manhã o time americano encerra os treinamentos pré-semi, também no GC. No mesmo local, às 15h de quarta (17), o Mecão medirá forças com a Lusa, no primeiro jogo classificatório para a final do returno.




COMPARTILHE: