Léo Rocha marcou o segundo gol do Mecão. Foto: Raffa Tamburini/America Rio

17/06/2015
America sai atrás, mas busca empate com a Lusa na primeira semi do returno

No duelo entre America e Portuguesa, as duas equipes que mais pontuaram na Série B do Estadual de 2015, o equilíbrio definiu o placar em Mesquita. Mesmo após estar perdendo a partida em duas oportunidades, o Mecão mostrou determinação e empatou o confronto desta quarta (17). Os meias Accioli e Léo Rocha marcaram os gols do Rubro no Giulite Coutinho, no jogo 1 da semifinal da Taça Corcovado. O resultado deixa o time americano precisando de uma vitória simples sobre a Lusa - no jogo das 15h de sábado (20), no Luso Brasileiro - para avançar para a decisão do returno.

A partida

O Mecão foi para cima da Portuguesa logo nos primeiros minutos de jogo. Aos três, Léo Rocha quase abriu o placar com um chute de fora da área, mas a bola saiu por cima do gol. Nove minutos depois Enric invadiu a área tentou duas vezes abrir o placar. No entanto, após o primeiro chute bater na defesa, o segundo foi salvo, em cima da linha, por Allan Miguel. O America mantinha a pressão sobre a Lusa e, logo no minuto seguinte, teve uma boa oportunidade de tirar o zero do placar, já que Belarmino derrubou Saci na área e o árbitro assinalou pênalti.

No entanto, Accioli bateu cruzado e Ricardo realizou uma grande defesa, espalmando para a sua esquerda, para fora. O Mecão não se abateu e Saci quase marcou. Aos 16 minutos o atacante pegou de primeira a bola mal afastada pela defesa insulana, porém Ricardo defendeu com os pés. Pouco depois, aos 22, foi a vez de Marcelinho testar o goleiro rival, com um chute de fora da área. Contudo, Ricardo encaixou a bola com segurança. Após quase abrir o placar em diversas oportunidades, o Rubro sofreu um gol aos 25 minutos. Maicon Assis cobrou escanteio e Pessanha completou de cabeça.

Um minutos após o gol, a equipe da Ilha quase ampliou a diferença, porém Felipe executou uma defesa corajosa, ao pegar o chute à queima roupa de Victor Hugo. O time de Campos Salles respondeu cinco minutos mais tarde, com um gol. Em uma ótima jogada individual, Accioli avançou da intermediária, deixou Pessanha e Allan Miguel no chão, cortou Alexandre Carioca e chutou cruzado, de canhota, da entrada da área. Ricardo ainda tocou na bola, mas ela entrou em seu canto esquerdo: 1 a 1. O jogo seguia movimentado e as duas equipes se revezaram no ataque até o fim da etapa.

Quando o relógio marcava 34 minutos, Silvano cruzou rasteiro da ponta-direita e Maicon Assis, na pequena área, soltou uma bomba de primeira. Felipe fez um milagre e espalmou a bola. Aos 43 foi a vez do America testar o goleiro rival. Depois de uma ótima troca de passes com Accioli e Léo Rocha, Marcelinho rematou de canhota, da entrada da área. Ricardo, mais uma vez, evitou o gol americano. Um minuto depois a Portuguesa teve mais uma grande chance de marcar. Maicon Assis, em cobrança de falta da intermediária, alçou a bola na área e Allan Miguel, cara a cara com Felipe, desviou. O goleiro rubro esperou a conclusão bravamente e realizou uma defesa fenomenal, em dois tempos.

A segunda etapa começou com o mesmo ritmo quente do primeiro tempo e não demorou para sair um gol. Porém o time que marcou foi o visitante, com Allan, de pênali, aos sete minutos. Os adversários do Mecão ainda tentaram ampliar aos 12, quando Allan cruzou da ponta-esquerda e Bruno Andrade finalizou de dentro da área. Atento, Felipe encaixou com segurança. Depois de um ritmo intenso nos primeiros 70 minutos de jogo, a partida ficou morna até seus minutos finais, quando o Mecão voltou a crescer e empatou o confronto, aos 37 minutos.

Léo Rocha tabelou com Accioli, passou por entre três marcadores, invadiu o lado esquerdo da grande área e chutou rasteiro, cruzado. A bola entrou no canto esquerdo de Ricardo e fez o Giulite Coutinho explodir com o golaço: 2 a 2. Incendiado por sua torcida, o America voltou a pressionar o rival de forma incisiva e quase virou o placar com Paulo Pedra, que rematou cruzado, da direita da grande área. Porém o chute forte foi defendido com os pés por Ricardo, assegurando o empate em Mesquita

Ficha Técnica

America 2x2 Portuguesa – Taça Corcovado, Semifinal Jogo 1 - 16/06/2015, às 15h

Estádio Giulite Coutinho (Mesquita-RJ)
Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda
Assistentes: Michael Correia e Flávio Manoel da Silva
4º Árbitro: Daniel Wilson Barbosa de Castro.

America: Felipe; Wander, Fábio Braz (Ricardo Lucena, 27´/1T), Vagner Eugênio e Enric; Muniz, Darlan, Accioli e Léo Rocha; Marcelinho (Paulo Pedra, 38´/2T) e Fábio Saci (Jean, 19´/2T). Técnico: Ricardo Cruz.

Portuguesa: Ricardo; Belarmino, Pessanha e Crispin; Alexandre Carioca, Victor Hugo, Silvano e Maicon Assis (Felipe Wallace, 29´/2T); Allan e Bruno Andrade (Lincoln, 29´/2T). Técnico: Luiz Antônio.

Cartões amarelos: Muniz e Wander (AFC); Silvano, Belarmino, Alexandre Carioca e Bruno Andrade (POR)

Gols: Pessanha, 25´1T (0-1); Accioli, 31´1T (1-1); Allan, 7´2T (1-2); Léo Rocha, 37´2T (2-2).

Público: 311 pagantes (510 presentes)

Renda: R$4.020,00.




COMPARTILHE: