America Football Club
NOTÍCIAS
HOME   |   NOTÍCIAS
18/02/2021
Romulo comenta sobre as assistências e a felicidade em estrear pelo America


Romulo deu duas assistências para os gols de França (Foto: Vinicius Lima/AFC)

Romulo foi um dos primeiros reforços a chegar ao America, mas que só teve oportunidade de jogar, no empate em 4 a 4, contra o Friburguense. Apesar do resultado não ser o que os jogadores e os torcedores esperavam, o meia avaliou como positiva a sua estreia. Com duas assistências no jogo, Romulo pode mostrar um pouco do futebol ao torcedor. Em entrevista, o atleta destacou o sentimento da estreia e conversou sobre os momentos antes e depois do jogo.

Você fez uma boa estreia, deu duas assistências. Como você está se sentindo depois de uma atuação como essa fazer?

É uma sensação muito boa. Fico feliz por fazer minha estreia pelo America e por poder ajudar o time dando duas assistências e também participando de outro gol.

Você estava no elenco, mas ainda não tinha sido utilizado. Quando Josué falou que você iria jogar, o que passou na sua cabeça?

Quando o professor Josué conversou comigo e falou iria me dar oportunidade, fiquei muito feliz. Estava confiante que iria fazer uma boa partida, porque já vinha me preparando tanto fisicamente quanto mentalmente. Só tenho a agradecer o professor Josué pela oportunidade e por me deixar a vontade em campo.

Você lembra o que passou na sua cabeça ao pisar no gramado novamente após 3 meses?

É uma sensação muito boa de poder fazer o que eu amo. Sentia muita vontade de jogar, de entrar em campo novamente. A última vez tinha sido na disputa da Série D, pelo Toledo do Paraná. Então, estava me preparando por esse momento e ansioso por poder vestir, oficialmente, a camisa do America.

No primeiro gol, foi um passe de letra e no segundo um cruzamento. Ambos para o França. Ele chegou a falar contigo sobre essa dobradinha?

Então, a gente conversou bastante antes do jogo e combinou algumas jogadas, mas o segundo gol foi mérito do nosso treinamento. No dia anterior ao jogo, a Comissão Técnica passou um trabalho de movimentação que foi fundamental para que pudéssemos fazer a jogada do gol.

Quem acompanhou o jogo, viu que você correu muito, tanto que sentiu tempo sem jogar. Apesar de o America já estar eliminado, você levou aquela partida como se fosse uma decisão?

Pra mim, era uma grande oportunidade de mostrar o meu futebol. Tinha que agarrar com unhas e dentes. Todas as vezes que entro em campo, sempre dou o meu melhor e o meu máximo. Fico feliz de ter conseguido fazer uma boa partida e mostrado o meu futebol ao torcedor.




Rua Gonçalves Crespo, 274 - Tijuca - Rio de Janeiro - Tel.: (21) 2569 2060
Copyright © 2021 Direitos Reservados. Desenvolvido por FelipeAlves.com