America Football Club

America e Nova Iguaçu empatam em 1 a 1 no Giulite Coutinho

Compartilhar
Djaminha carrega a bola entre os defensores do Nova Iguaçu no empate em 1 a 1, no Giulite Coutinho. (Foto: Vinicius Lima/AFC)
Apesar do esforço, não foi o resultado esperado. America e Nova Iguaçu empataram por 1 a 1, no Giulite Coutinho.

Por Thiago Alexandre

Apesar do esforço, não foi o resultado esperado. America e Nova Iguaçu empataram por 1 a 1, no Giulite Coutinho. Com o resultado, o Mecão chegou ao terceiro empate na competição. Após sair atrás no placar, o America conseguiu a igualdade em um lindo gol de falta do meia Richarlyson. Antes do início da partida, o nosso paredão Deola foi homenageado com a camisa número 50, em referência ao 50° jogo com a camisa do America.

O jogo

Jogo nervoso com lances perigosos. O America começou bem a partida. Aos 11 minutos, Paulo Henrique bateu falta rasteira e perigosa, o goleiro rebateu, mas Polegar, na sobra, chutou por cima do gol. Em mais um lance ofensivo, o atacante Alemão aproveitou a falha do zagueiro e pegou de primeira, mas a bola foi para fora. Após a parada técnica, o Nova Iguaçu voltou melhor e chegou duas vezes com perigo. Aos 32 minutos, conseguiu abrir o placar com Luã Lucio, após contra-ataque rápido. Mas, aos 39 minutos, o America chegou ao gol de empate. Em falta na entrada da área, Richarlyson de canhota fez uma cobrança rasteira, sem condições para o goleiro Luis Henrique defender. Antes do fim do primeiro tempo, Djalminha fez jogada individual pela direita e tabelou com Alemão, que devolveu ao meio, mas foi travado na finalização.

Na volta do intervalo, o America já começou assustando o adversário. Em cruzamento de Richarlyson, Mineiro deu uma caprichosa casquinha na bola que sobrou para Alemão, acertando a trave. A primeira substituição veio aos 10 minutos. O técnico Alvaro Gaia sacou o volante Paulo Henrique e colocou o também meia Magno. Antes da parada para hidratação, o Nova Iguaçu chegou com perigo em tabela na entrada da área, mas o zagueiro Lucão salvou mandando para escanteio. Alvaro Gaia aproveitou e fez mais duas mudanças: Thauan e Djalminha deram lugar a Marquinho e Guilherme Silveira. A dupla entrou com disposição.

Na primeira jogada, Marquinho fez bonito lance individual entre três zagueiros e, na sobra, Guilherme chutou por cima do gol. O treinador aproveitou a parada técnica e fez ponderações com os jogadores e sacou Richarlyson, que já tinha cartão amarelo, para dar lugar ao meia Hygor.

Em cruzamento pela direita, o zagueiro do Nova Iguaçu foi cortar o lançamento, mas pegou errado na bola e quase fez gol contra. Ainda no fim do jogo, o árbitro expulsou o técnico Alvaro Gaia por reclamação. Muito nervosismo, o que impediu a bola rolar. Fim de papo: America 1 x 1 Nova Iguaçu.

E agora?

Com o resultado, o America chegou aos três pontos e está na 5° posição da Fase Preliminar. Agora, o Mecão vai a Nova Friburgo para encarar o Friburguense, na quarta, às 15h30.

Ficha técnica da partida:
America 1 x 1 Nova Iguaçu
Estádio Giulite Coutinho – 15:30

America: Deola (c), Polegar, Lucão, Cristian, Alan Pires, Mineiro, Paulo Henrique (Magno), Richarlyson (Hygor), Djalminha (Marquinho), Alemão e Thauan (Guilherminho). Técnico: Alvaro Gaia

Nova Iguaçu: Luis Henrique, Digão, Gilberto, Raphael Neuhaus, Rafinha, Anderson Kunzel (Dieguinho), Vinicius Matheus, Abuda, Rafael, Luã Lucio e Yan. Técnico: Carlos Alberto C. de Carvalho.

Árbitro: Felipe da Silva Gonçalves Paludo;
Assistência Nº 1: Gabriel Conti Viana;
Assistente Nº 2: Thiago Gomes Magalhães.

Relacionados

Comunicado

Diretrizes Eleição do Conselho Deliberativo

Gostaríamos de convocá-los para a próxima reunião do Conselho Deliberativo, que ocorrerá no dia 1° de abril de 2024, às 19h, no auditório da SINOREG/RJ, localizado na Rua da Ajuda, 35, 4° andar 1, Centro.

Newsletter

Scroll to Top